24
Mar 15

Como se fala na televisão

Uma dupla tragédia

 

    Tragédia na aviação... e na língua: «No destino de origem e no destino de chegada, chora-se o destino dos 150 ocupantes do voo 9525 da Germanwings» (Jornal da Noite, SIC, 24.03.2015, 20h03).

 

[Texto 5685]

Helder Guégués às 23:14 | comentar | ver comentários (3) | favorito | partilhar
Etiquetas: ,
24
Mar 15

Léxico: «novérrimo»

Uma vez, por graça

 

      «A extrema-esquerda portuguesa parece um óvulo fecundado pela crise, em pleno processo de divisão celular: só da barriga do Bloco de Esquerda já nasceram o Livre, a Associação Fórum Manifesto, que deu origem ao movimento Tempo de Avançar (ex-Manifesto 3D), mais o novo Juntos Podemos, que entretanto se cindiu no novíssimo Agir, que por sua vez se fundiu no novérrimo PTP/Ag!r, com ponto de exclamação e tudo» («Tanta esquerda, tão pouca direita», João Miguel Tavares, Público, 24.03.2015, p. 48).

      É burlesco, forjado, a imitar um superlativo absoluto sintético como nigérrimo, por exemplo. Tem a sua graça, sobretudo numa progressão: novo, novíssimo, novérrimo.

 

[Texto 5684]

Helder Guégués às 11:23 | comentar | ver comentários (2) | favorito | partilhar
Etiquetas: