09
Jun 15

Como se aplica o AOLP90

Como se sabe e pode

 

      «O complexo do Palácio de Diocleciano é todo murado e tem a forma de um retângulo de 215 x 180 metros. Crê-se que foi o próprio Imperador quem concebeu o projecto e não se poupou a luxos e extravagâncias» («Split, a Pérola do Adriático», Eles & Elas, n.º 288, Junho/Julho de 2015, p. 78).

      «Retângulo» e «projecto»... Mas a revista tem «diretor» (?!), Maria da Luz de Bragança. O imperador «não se poupou a luxos e extravagâncias», e o autor do texto poupou-se a todos os esforços de uniformizar o texto. Claro que, por 5 euros (e os livros é que estão caros...), o leitor não pode exigir mais, não é assim?

 

[Texto 5954]

Helder Guégués às 23:58 | comentar | favorito
Etiquetas: ,
09
Jun 15

Ortografia: «Emys orbicularis»

Mais uma dose

 

    «O nome científico é emys orbicularis, mas são conhecidos por cágados-de-carapaça-estriada e estão em vias de extinção em Portugal» («Salvemos os cágados!», Cátia Andrea Costa, Sábado, n.º 579, 4.06.2015, p. 12).

     Também a nomenclatura científica está em vias (o que merece vaias, pois pagamos) de extinção em Portugal. De livros e revistas a jornais, é erro que se vê cada vez mais. No caso da Sábado, vejo que, se não tem (?) revisores, pelo menos tem consultoria linguística, prestada por Manuela Gonzaga.

    No sistema binomial, repito, a primeira palavra deve ser escrita com letra inicial maiúscula; a segunda, com letra inicial minúscula. Logo, Emys orbicularis.

 

[Texto 5953]

Helder Guégués às 14:53 | comentar | favorito