16
Jun 15

A traição das homófonas

Prova de aptidão para o Facebook

 

      «A partir de determinada idade», escrevi um dia no Assim Mesmo, «dir-se-ia, as palavras homófonas deixam de constituir um problema.» Não é bem assim: «A deputada socialista está a ser criticada no Facebook por ter escrito um post na rede social com erros ortográficos. Isabel Moreira escreveu ‘vós’, no lugar de voz» («Isabel Moreira. Post com erros», Correio da Manhã, 12.06.2015, p. 26). Responde correctamente: «O meu cantor preferido tem boa vós/voz.»

 

[Texto 5981]

Helder Guégués às 11:43 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,
16
Jun 15

Ortografia: «statu quo»

Ganha a pior

 

      «Mas. [sic] e quando o status quo é o desemprego, a crise financeira, o aumento dos impostos e a perda de direitos, o retrocesso, a pobreza, a degradação da democracia, a destruição da saúde e da educação, o êxodo dos jovens, uma dívida crescente, a humilhação dos pobres e a subserviência aos ricos? […] Quanto à estabilidade que os eleitores valorizam ela não deve ser confundida com manutenção do status quo. […] Este é um daqueles momentos históricos em que não há razão para temer correr riscos, porque o statu quo representa
 um enorme risco» («Confiança e estabilidade para um futuro diferente», José Vítor Malheiros, Público, 16.06.2015, p. 45).

 

[Texto 5980]

Helder Guégués às 08:48 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,