Como se escreve nos jornais

Ainda estamos nessa fase?

 

      «Dos animais restaram dois ponies, os velhos tigres que vão morrer com eles, alguns crocodilos e serpentes. Foi em 2009 que foi criada legislação que limita o uso, venda e a reprodução de animais no circo» («O homem-bala era para ter sido um “romance de Verão”», Catarina Gomes, Público, 10.08.2015, p. 10).

    Alguma objecção ao aportuguesamento «pónei/póneis»? Ainda se fosse difícil, compreendia-se, mas não. Como mostrou José Manuel de Castro Pinto (Manual Prático de Ortografia. Lisboa: Plátano Editora, 1998), o y, no aportuguesamento, ora é substituído por i ora por j: «bei (bey); ianque (yankee); iate (yacht); pónei (poney); jaguar (yaguar); jacaré (yacaré), jarda (yard)» (p. 51).

 

[Texto 6156]

Helder Guégués às 09:01 | comentar | favorito