«Azo/anso/auso» — variantes?

Ao cuidado dos dicionaristas

 

      Devem os dicionários acolher todos os hápax? José Pedro Machado tentou fazê-lo. Se todas as dificuldades de um dicionário ficassem resolvidas, eu diria que, numa segunda fase, sim, mas não sem um acurado esforço de destrinça. É que há falsos hápax. Não estará neste caso dar anso (dar azo, motivo), que Camilo usa em mais de uma obra? Até a locução dar ansa desapareceu dos dicionários, que registam apenas «ansa». E, contudo, não estará «anso» ali por descuido do tipógrafo, em vez de «auso» — e este em vez de «azo»? (Mas «auso» por «azo» por opção deliberada de Camilo.) Julgo que sim.

 

[Texto 6284]

Helder Guégués às 09:22 | comentar | favorito