13
Out 15

«Caudal»: masculino ou feminino?

Para corrigir

 

      «Para vós, Bórgias, para vós, raça de Locusta, e de Brinvilliers, para vós, envenenadores impunes, o patíbulo neste mundo, donde fugiu espavorida a vergonha e a justiça; e as caudais de súlfur em combustão eterna nas furnas tartáreas, onde é de fé que dá urros medonhos um condenado chamado Nicot, que trouxe para a Europa o tabaco, e teve a impudência de o trazer a Portugal em 1560, onde viera com embaixada de França» (O Que Fazem Mulheres, Camilo Castelo Branco).

      É substantivo masculino ou feminino, indiferentemente — mas não para todos os dicionários. Para o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, caudal, a torrente impetuosa, é somente do género masculino. Para corrigir, meus senhores.

 

[Texto 6316]

Helder Guégués às 15:44 | comentar | ver comentários (4) | favorito
Etiquetas: ,
13
Out 15

Léxico: «gasosa»

Dá-te asas

 

      «Para azar, milhares de luandenses desprovidos de viaturas próprias, [sic] foram obrigados a caminhar longos quilometros [sic] a pé para chegarem aso [sic] locais de serviço e escolas, em função da greve, cujo objectivo foi o de forçar o Executivo a criar paragens fixas para embarque e desembarque de passageiros, e, finalmente, desencorajar a prática das “gasosas” que tem sido uma constante por parte dos homens da polícia» («ATL apresenta caderno reivindicativo ao GPL», A Folha, n.º 1249, 10.10.2015, p. 34).

     Com a telenovela da TVI, o seu significado já é do conhecimento de muitos falantes em Portugal, sobretudo no sentido de mera gorjeta, mas para a mais escabrosa tentativa de suborno também se pede — «dá gasosa». Ainda não chegou, contudo, a todos os dicionários. O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, por exemplo, ignora a acepção.

 

[Texto 6315]

Helder Guégués às 00:10 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas: ,