10
Nov 15

Pronúncia: «ratificação»

Menos gritaria

 

      Pelo menos nesta parte do Colóquio «Ortografia e Bom Senso», ontem e hoje na Academia das Ciências de Lisboa, estive presente: o embaixador Carlos Fernandes explicou porque é inconstitucional o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, e ilegal a célebre Resolução do Conselho de Ministros n.º 8/2011, que (e porque) manda que se aplique a nova ortografia no Governo e em todos os serviços e organismos com tutela governamental, e no ensino. João de Araújo Correia, se fosse vivo e estivesse presente*, é que não ia gostar nada de ouvir o Sr. embaixador pronunciar a palavra — e quantas vezes! — «ratificação». O r, em início de sílaba, é forte, decerto, porque está em posição de ataque — mas, neste vocábulo em concreto, o belicismo acaba aí. Vou usar, até como homenagem à instituição, que tão bem nos acolheu, a transcrição (corrigida no que é possível, porque é uma estranha mescla de transcrição fonética com ortoépia) do Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa para o demonstrar. A transcrição do vocábulo rato é «rátu»; de ratificação, «ʀɐtifikɐsˈɐ̃w»; de raticida, «rɐtisídɐ». Dúvidas?

 

[Texto 6385]

 

 

* Ou visse no YouTube, porque já foi publicada uma intervenção, a de Ivo Miguel Barroso, «Consoantes “mudas” e facultatividades nas reformas ortográficas, em Portugal e no Brasil».

Helder Guégués às 23:59 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,
10
Nov 15

Léxico: «micromamífero»

Só não vive nos dicionários

 

      «A surpresa levou o fotógrafo [Gonçalo Rosa] a enviar as imagens para Hélia Vale Gonçalves e Paulo Barros, especialistas em micromamíferos do CITAB. “Tinha características muito diferentes das outras espécies que conhecemos nesta zona. Não tivemos dúvidas de que era um Chionomys nivalis”, conta ao PÚBLICO Hélia Gonçalves» («O rato-das-neves também vive em Portugal», Rita Ponce, Público, 9.11.2015, p. 29).

      Que são pequenos mamíferos, percebe-se de imediato; mas, como o conceito é científico, tem de ser dicionarizado. Ao que parece, inclui todos os pequenos mamíferos pertencentes ao grupo dos roedores e dos insectívoros. Incluirá, assim, o rato-almiscareiro, que é um pequeno mamífero insectívoro? Não interessa por agora: foi mero pretexto para perguntar porque está este dicionarizado e não rato-das-neves (Chionomys nivalis). Em suma, os dicionários têm muito por onde melhorar.

 

[Texto 6384]

Helder Guégués às 08:29 | comentar | favorito