14
Nov 15

Léxico: «japonesismo»

Nem imitação nem predilecção

 

      E, a propósito do meu comentário sobre «miso», leia-se o que se diz de japonesismo no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: «1. imitação dos usos dos japoneses. 2. predilecção por tudo o que é japonês». Já sobre germanismo, é isto que se lê: «1. palavra, expressão ou construção do alemão integrada noutra língua; alemanismo. 2. imitação das maneiras e dos costumes alemães. 3. admiração exagerada por tudo o que é alemão». Ficam aqui com trabalho de casa, senhores lexicógrafos. Além de terem de acrescentar, mutatis mutandis, a primeira acepção, é necessário uniformizar: porque é que num caso é «predilecção» e no outro já é «admiração exagerada»?

 

[Texto 6396]

Helder Guégués às 09:03 | comentar | favorito

«Ao acaso/por acaso»

À toa

 

   «A questão já se coloca um pouco por todo o lado: Jennifer Lawrence fará, ou não, de propósito? […] Quedas à parte, Lawrence assume-se como um dos grandes nomes de Hollywood. E se os seus tombos podem ser à toa, não é certamente ao acaso que detém o título de atriz mais bem paga do mundo» («Quanto mais Jennifer Lawrence sobe, mais são as suas quedas», Ivo Geraldes, Diário de Notícias, 13.11.2015, p. 42).

      A questão que se coloca... Não gostamos, Ivo Geraldes. Ao acaso é sem pensar, à toa, sem rumo; por acaso é fortuitamente, casualmente, acidentalmente. Ainda acha que é tudo igual?

 

[Texto 6395]

Helder Guégués às 01:01 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «miso»

Veio do Japão

 

      «Já ouviu falar do miso? Sabe que é um condimento fermentado – tradicionalmente usado na cozinha japonesa – que regenera a flora intestinal? É verdade. E, ao mesmo tempo que favorece o seu bom funcionamento, ajuda a fortalecer o sistema imunitário. Antecipando a época mais frequente de gripes e constipações, Antonella Vignati, naturopata do Centro do Bebé, prepara-se para abrir amanhã o curso de Alimentação para Reforço do Sistema Imunitário em Crianças e Bebés» («Quer reforçar o seu sistema imunitário? Use ervas aromáticas», Joana Capucho, Diário de Notícias, 13.11.2015, p. 22).

      Não tarda e vamos vê-lo por todo o lado, como aconteceu com o tofu — até nos dicionários. Nem precisa de nenhuma adaptação gráfica, o que ajuda.

 

[Texto 6394]

Helder Guégués às 00:25 | comentar | ver comentários (2) | favorito
14
Nov 15

Léxico: «superalimento»

Andam distraídos

 

      «Dentro desta lógica, [Antonella Vignati, naturopata do Centro do Bebé] avançou, “conforme a idade da criança e o contexto, podemos fazer mais uso de plantas medicinais como a equinácea, aumentar o consumo de vitamina C e D e adaptar a dieta aos alimentos que o clima e a estação nos dão. E não tanto ir à procura de superalimentos milagrosos importados do outro lado do mundo”» («Quer reforçar o seu sistema imunitário? Use ervas aromáticas», Joana Capucho, Diário de Notícias, 13.11.2015, p. 22).

    É um neologismo que os dicionários não podem continuar a ignorar. Superalimento é o alimento de alto teor em fitonutrientes e com elevados benefícios para a saúde.

 

[Texto 6393]

Helder Guégués às 00:05 | comentar | favorito