Tradução: «flagship store»

Se tem de ser

 

      «As lojas-mãe, ou flagship stores das grandes marcas, trabalharam um ano inteiro na decoração de montras que tentam conjugar da melhor forma luxo e originalidade. Há visitas guiadas organizadas para ver o que fazem a Sacks, Louis Vuitton, Bergdorf Goodman, Prada, Henri Bendel. Qualquer site turístico as anuncia, com ou sem entrada nas lojas» («E Nova Iorque criou o Natal», Isabel Lucas, «Fugas»/Público, 12.12.2015, p. 11). Para o castelhano, a Fundéu, por exemplo, recomenda a tradução «tienda insignia». Em português, vê-se por vezes loja capitânia.

 

[Texto 6469]

Helder Guégués às 21:00 | comentar | ver comentários (4) | favorito
Etiquetas: ,