Ortografia: «comorbilidade»

Sempre aglutinado

 

      «O que deve, então, fazer uma pessoa com sintomas de gripe? Se não tiver “co-morbilidades” (outras doenças) e não se enquadrar nos chamados “grupos de risco” (idosos, grávidas, pessoas com doenças crónicas, entre outros), deve ficar em casa e privilegiar o “autocuidado” que passa por uma avaliação periódica da temperatura, a ingestão de líquidos, e pela alimentação e agasalhos adequados» («Gripe A está de volta mas agora é menos perigosa», Alexandra Campos, Público, 13.01.2016, p. 9).

      Boa tentativa, mas não. É comorbilidade ou — desta vez podemos mesmo poupar uma sílaba — comorbidade. De quando em quando, é bom ver o que registam os dicionários.

 

[Texto 6539]

Helder Guégués às 21:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,