17
Mai 16

Tradução: «heel of the hand»

Temos melhor

 

      O pai deu-lhe uma pancada com the heel of the hand. O tradutor acha que é com o «pomo da mão». Mas já aqui vimos, há dez anos, que é cutelo da mão: «E, em dizendo isto, agora muito de mansinho, Eládio aproximou-se, como se distraído, do homem que havia obtemperado e zás!, com o cutelo da mão desferiu-lhe uma pancada no estômago, que o deixou dobrado no chão» (Quatrocentos Mil Sestércios seguido de O Conde Jano, Mário de Carvalho. Lisboa: Editorial Caminho, 1991, p. 66).

 

[Texto 6817]

Helder Guégués às 15:43 | comentar | ver comentários (4) | favorito
Etiquetas: ,

Tradução: «philtrum»

Onde pára ela?

 

      Maçã-de-adão, monte-de-vénus, cu-de-judas, calcanhar-de-aquiles... Esperem: os dicionários não registam arco-de-cupido. Deve ser conhecido apenas de cirurgiões plásticos e maquilhadoras. E mais: onde está o philtrum — «the vertical groove below the nose and above the upper lip» — dos dicionários de língua inglesa? Nem nos dicionários bilingues o encontramos.

 

[Texto 6816]

Helder Guégués às 14:37 | comentar | favorito
Etiquetas: ,
17
Mai 16

Tradução: «hospice»

Para doentes mentais...

 

      Consultamos, no Dicionário de Inglês-Português da Porto Editora, o verbete «hospice» e lá está: «hospício». E já sabemos que esta é a designação do estabelecimento para doentes, em especial de pessoas com perturbações mentais ou, então, o estabelecimento onde se acolhem pessoas pobres (que, por isso mesmo, também estarão doentes). No entanto, no caso, o hospice da obra que estou a ler é «a hospital for people who are dying». Unidade de cuidados paliativos?

 

 

[Texto 6815]

Helder Guégués às 14:04 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas: ,