Alcorão e homossexualidade

Seria demasiado fácil

 

      «Ou seja, não se pode dizer com certeza o que diz o livro sagrado do islão sobre esse assunto (tal como sobre nenhum outro). E mesmo o versículo de Lot presta-se a várias interpretações: há quem defenda, por exemplo, que a ira de Deus se devia a estarem a ser cometidas violações e não ao facto de homens terem relações sexuais com outros homens (a palavra homossexualidade é que certamente não é referida, uma vez que é uma criação de finais do século XIX)» («As várias guerras de Ahmad e Bilal», Francisca Gorjão Henriques, Público, 18.06.2016, p. 29).

      Pois, mas o que importa é o conceito, a ideia. Sobre nada se poder saber de certeza sobre o que estatui o Alcorão é que me parece uma afirmação arrojada. (O uso metalinguístico dos vocábulos é que ainda não entrou na cabeça da maioria dos jornalistas, mas por agora isso não interessa.)

 

[Texto 6892]

Helder Guégués às 23:13 | comentar | favorito
Etiquetas: ,