Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Que cidadela?

A mão que assinou o papel

 

      «Foi aquela mão que assinou o documento que derrubou a cidadela e foram aqueles os cinco dedos que deram a sentença de morte a um regime» (O Fator Churchill, Boris Johnson. Tradução de José Mendonça da Cruz. Alfragide: Publicações D. Quixote, 2015, p. 104).

      A mão é a de Churchill; a cidadela, e não é claramente um problema de cerebração deficiente, não sei qual é. Ainda supus que fosse, mas não correspondia a nada que eu conhecesse da História, a City londrina, mas não. Porquê então «cidadela»? Vejamos o original: «This was the hand that signed the paper that felled the city, five sovereign fingers that put a regime to death.» Ora, há um poema de Dylan Thomas, publicado em 1935, que começa precisamente com os versos «The hand that signed the paper felled a city;/ Five sovereign fingers taxed the breath», que David Mourão-Ferreira traduziu por «A mão que assinou o papel destruiu uma cidade;/cinco soberanos dedos tributaram a respiração». Será uma paráfrase de Boris Johnson?

 

[Texto 7010]

«Fazer tábua rasa de»

Zero a ortografia

 

      «Em resultado desse cataclismo nada natural, a Lua, onde existia já uma base permanente — a série fazia tábua-rasa do facto de as missões lunares tripuladas terem sido abandonadas em 1972 pela NASA —, ficara à deriva pelo espaço, atirada como uma bola de pingue-pongue» («Maya, o blind date do fim-de-semana», Clara Barata, Público, 8.08.2016, p. 24).

      Há tabua-larga e tabua-estreita (plantas bem interessantes), mas não *tábua-rasa. A expressão é fazer tábua rasa de qualquer coisa.

 

[Texto 7009]

Um «master» que não é mestre

Mestres de tudo, oficiais de nada

 

      «Quando os cubanos se revoltaram contra os mestres coloniais de Espanha, Churchill arranjou maneira de se intrometer nas forças espanholas» (O Fator Churchill, Boris Johnson. Tradução de José Mendonça da Cruz. Alfragide: Publicações D. Quixote, 2015, p. 75).

     Nem sempre o leitor sabe tão fácil e seguramente que o tradutor escorregou. «Mestres coloniais de Espanha»? «When the Cubans rebelled against their Spanish colonial masters, Churchill wangled himself into the Spanish forces.» Senhores coloniais espanhóis.

 

[Texto 7008]