Ortografia: «etcétera»

Uma inexplicável ausência

 

      Talvez valha a pena falar disto, uma vez que é o terceiro caso em menos de quinze dias: por vezes, queremos ou temos de escrever não a abreviatura etc., mas a palavra por extenso. Em três ocasiões, vi-a escrita assim: «etecetera». Como a devemos escrever? Estranhamente, para termo tão usado no dia-a-dia, não encontramos nos dicionários sequer a abreviatura, quanto mais a palavra plena. Aportuguesada, podemos grafá-la como a vejo no dicionário da Real Academia Espanhola: etcétera. Que é, afinal, a grafia que corre entre nós há muito e muito tempo.

 

[Texto 7224]

Helder Guégués às 19:02 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,