26
Nov 16

Tradução: «for the time being»

Ora, ora

 

      Não tenho dúvidas de que o tradutor conhece a expressão inglesa «for the time being». Tanto assim é que só errou numa letra: «por hora». (Estaria a pensar no estipêndio do seu trabalho.) No Brasil é que, com uma população de 200 milhões de habitantes, 13 milhões dos quais analfabetos, Sérgio Nogueira, e decerto muitos outros, têm de explicar, tintim por tintim, quando se deve usar ora e quando deve ser hora.

 

[Texto 7279]

Helder Guégués às 20:55 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,
26
Nov 16

Tradução: «royalty»

Talvez possa ser diferente

 

      Até se pode usar em todo o mundo a palavra royalty em relação à exploração de petróleo, mas não estar registada essa acepção nos nossos dicionários bilingues só pode contribuir para perpetuar o seu uso como palavra intraduzível. A acepção «a sum of money that is paid by an oil or mining company to the owner of the land that they are working on» foi esquecida pelos dicionaristas portugueses. Se só se diz que são «direitos de autor; royalties», o tradutor nem hesita. Qual a natureza jurídica disto? Serão direitos, sim, mas não de autor; é uma compensação, ou indemnização, pelo uso dos terrenos onde se explora o petróleo.

 

[Texto 7278]

Helder Guégués às 20:49 | comentar | favorito