12
Dez 16

Como se escreve por aí

Diacho

 

      «Morreu o líder da Opus Dei», li agora mesmo no sítio da TSF. Coisas da Lusa, escarrapachadas tal qual, nem que sejam enormidades, em jornais e sítios que tais. E mais: «Javier Echevarría, morreu devido a uma insuficiência respiratória derivada de uma infeção pulmonar.» Chega, ou ainda vou ter pesadelos. Até amanhã.

 

[Texto 7320]

Helder Guégués às 23:56 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Francisco e o papa

Não havia necessidade

 

      «Francisco telefona a Papa copta após atentado contra cristãos egípcios» (Rádio Renascença, 12.12.2016). Hum, já temos aqui demasiados papas... Habitualmente, Teodoro II (no texto da Renascença preferem Tawadros II...), tal como os seus predecessores, é referido pelo título de patriarca da Igreja Copta-Ortodoxa, ou não?

 

[Texto 7319]

Helder Guégués às 21:38 | comentar | ver comentários (7) | favorito

Como se escreve por aí

Combate, lucha, pelea

 

      Disseram-me que se vê agora pela cidade do Porto, aqui e ali, um papel afixado que tem por título «Cidade do Porto» e por subtítulo «(em saldo para camones e ricos)». No rodapé, uma espécie de lema/pedido: «Make Porto podre again». Agora a frase que me obriga a trazer para aqui a questão: «O Porto sempre foi uma cidade atravessada por uma multiplicidade de conflictos de todos os tipos.» Assim mesmo. É a única palavra castelhana da folha. Mais valia ser em galego, carallo.

 

[Texto 7318]

Helder Guégués às 21:11 | comentar | favorito
Etiquetas: ,
12
Dez 16

Léxico: «bioacetato»

Um problema de óptica

 

      «Em 2014 nasceu a VAVA, uma marca que Pedro Silva admite ser a sua cara e a imagem da visão que tem do mundo, ou seja, não há espaço para o passado, o clássico ou o banal. Apenas luxo. A começar pelos materiais utilizados na produção destes óculos. As lentes são de cristal puro, a armação é de bioacetato» («Óculos, luxo, Viana do Castelo, Cristiano Ronaldo? Tem tudo a ver», Sónia Santos Silva, TSF, 12.12.2016).

      Neologismo à vista: bioacetato. Mas vejam como, graças ao Acordo Ortográfico de 1990, agora temos óculos para os ouvidos: «A VAVA é uma marca portuguesa de óculos. Apesar de ter uma história ainda curta, já faz vista grossa no mercado de luxo na área da ótica.» Viram a entrevista do Prof. Artur Anselmo, presidente da Academia das Ciências de Lisboa, ao Público e a várias televisões?

 

[Texto 7317]

Helder Guégués às 20:36 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,