«Os seis tropas»!

Irra!

 

      A propósito do recente atropelamento («abalroamento», gostam os jornalistas de dizer) de seis militares de uma patrulha antiterrorista em Levallois-Perret, no subúrbio parisiense, disse Rosário Salgueiro, correspondente da RTP em Paris, a quem com certeza ensinaram que se deve evitar repetir palavras e expressões num texto: «Está aberto o inquérito antiterrorista pelo Tribunal Central de Paris ao atropelamento dos militares, esta manhã, em Levallois-Perret, uma localidade a meia hora da capital francesa. […] Autoridades e testemunhas indicam o acto deliberado contra os seis tropas de infantaria.» E sempre assim até ao fim, ora «militares», ora «tropas». Não diga «os tropas», Rosário Salgueiro. Sei lá, é como se umas vezes dissesse «pronto» e noutras, para não se repetir, dissesse «prontos». Nem mais.

 

[Texto 8094]

Helder Guégués às 07:28 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,