Léxico: «galera»

Quem diria?

 

      Oi, galera, tudo na paz do Senhor? Quem é que hoje em dia sabe o que significa galera na acepção deste texto? «Conta Mário Lino: Tanganho era de origem modesta, mas não miserável. O seu pai tinha um negócio de aluguer de trens e galeras. O miúdo crescera entre os cavalos e acabaria a trabalhar para o maior mestre de equitação do país — Vitorino Fróis — que o aconselharia no treino do Favorito. Para se preparar para a Volta, José Tanganho levava o cavalo para a Foz do Arelho, saltava para uma das bateiras e remava pela lagoa enquanto o Favorito era obrigado a nadar e a seguir o barco com o objectivo de “ganhar pulmão”» («Tanganho: o herói do povo que ganhou a Volta a Portugal a cavalo», Carlos Cipriano, Público, 14.08.2017, p. 15).

      Sim, quem sabe? Quase ninguém, ou ninguém. Mais estranho é o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora ignorar a acepção de galera mais usada hoje em dia, derivada, por extensão de sentido, daqueloutra: veículo sem tracção própria que se liga a um camião ou tractor. Imperdoável.

 

[Texto 8100]

Helder Guégués às 06:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito