03
Nov 17

Ortografia: «chuva molha-tolos»

Bem boa

 

      «Como é que se escreve», pergunta-me a minha filha, «“chuva molha-tolos”?» Oh, filha, ainda bem que me perguntas a mim e não ao Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, que se esqueceu, embora — pontas soltas — no Dicionário de Português-Francês já a possamos encontrar.

 

[Texto 8290]

Helder Guégués às 17:15 | comentar | ver comentários (5) | favorito

Léxico: «holótipo»

É para melhorar

 

      «Foi aliás assim que se obteve o esqueleto do exemplar que serve de referência para a descrição da nova espécie (o holótipo ou espécime-tipo). Esse orangotango não resistiu a ferimentos infligidos por habitantes locais da povoação de Sugi Tonga» («Há uma nova espécie de orangotangos e já está ameaçada de extinção», Raquel Dias da Silva, Público, 3.11.2017, p. 35).

      Tem de se reconhecer que a defninição de holótipo no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora nos deixa com dúvidas: «termo empregado em sistemática para designar o exemplar único que o autor original de uma espécie (ou subespécie) apresenta como tipo». «Autor original de uma espécie»: referem-se a Deus?

 

[Texto 8289]

Helder Guégués às 10:10 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,
03
Nov 17

Léxico: «orangotango-de-tapanuli»

Mais um primata

 

      «As actuais espécies de orangotangos já se encontram apenas nas ilhas de Samatra e Bornéu, no oceano Índico. E até hoje estávamos convencidos de que cada uma destas ilhas albergava apenas uma espécie distinta nas suas florestas tropicais. Agora ficámos a saber que existe uma nova espécie, o orangotango-de-tapanuli [Pongo tapanuliensis]. Já ameaçado de extinção, vive a sul do lago Toba, na ilha de Samatra (Indonésia) — o único sítio onde podemos encontrar os orangotangos-de-samatra [Pongo abelii], uma das duas espécies de orangotangos e das seis de grandes símios que pensávamos serem as últimas na natureza. E que, afinal, não são» («Há uma nova espécie de orangotangos e já está ameaçada de extinção», Raquel Dias da Silva, Público, 3.11.2017, p. 34).

      O trabalho foi publicado ontem mesmo na revista científica Current Biology, e hoje já podem e devem ir para os dicionários. E não esquecer a outra espécie, o orangotango-de-bornéu (Pongo pygmaeus). Parecia-me bem a definição de orangotango no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, mas, com esta descoberta, precisa de alguns retoques. A pelagem deste orangotango-de-tapanuli, por exemplo, é cor de canela, pelo que afirmar que são todos de pelagem avermelhada já não é correcto.

 

[Texto 8288]

Helder Guégués às 10:08 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas: ,