02
Jan 18
02
Jan 18

Léxico: «necropsia»

E muito bem

 

      «As autoridades no local admitem que se trate do mesmo animal que foi salvo na segunda-feira na praia de Monte Gordo. “Tudo indica que será o cachalote que apareceu ontem em Monte Gordo”, acredita Lídia Nicolau, da Sociedade Portuguesa Vida Animal. “[Ontem] tentamos reflutua-lo e ver se ele conseguiria eventualmente sobreviver, mas foi encontrado hoje morto, aqui, na ilha da Armona”, relata a bióloga, que apesar de ter de esperar pela equipa de especialistas que procederá à necrópsia do animal, avança que o facto do animal ter dado à costa poderia ser já indicador de que algo não estava bem» («Cachalote encontrado morto na ilha da Armona», Rádio Renascença, 2.01.2018, 14h30).

      Embora cada vez mais dicionários registem necrópsia e necropsia, o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora só acolhe — e bem — esta última.

 

[Texto 8536]

Helder Guégués às 16:49 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,
01
Jan 18

Tradução: «flamme [de vétérinaire]»

Ia correr mal

 

      O pobre cavalo falhou nas quatro patas e caiu. Provavelmente uma insolação. Como tinha uma flamme de vétérinaire na mala, a nossa personagem deu-a ao oficial que o acompanhava. Muito bem, a tradutora viu que era uma «navalha de veterinário», mas, se se fiasse no Dicionário de Francês-Português da Porto Editora, nunca lá chegaria. Melhor, chegaria ao erro. No Trésor de la Langue Française Informatisé, lê-se que uma flamme é uma «lancette de vétérinaire. La flamme proprement dite des vétérinaires est une grosse pointe de lancette portée à angle droit par un manche de métal (LITTRÉ-ROBIN 1865)». Uma lanceta, mais propriamente. Algumas, porém, mais parecem canivetes suíços. Vejam-nas aqui à venda no eBay.

 

[Texto 8535]

Helder Guégués às 20:39 | comentar | favorito
01
Jan 18

«Arriba»

Começamos bem

 

      «A AMN [Autoridade Marítima Nacional] aconselha cautela aos pescadores lúdicos de pesca à cana, sugerindo que evitem pescar junto a zonas de arriba nas frentes costeiras atingidas pela rebentação das ondas» («Autoridade Marítima alerta para mar agitado e ondulação forte», TSF, 1.01.2018, 17h30).

      O jornalista — e a Autoridade Marítima Nacional, decerto — lá percebeu que arriba é melhor do que falésia, que alguns tradutores acham mais... quê? Poético. Mais extraordinário é a Infopédia ter um artigo de apoio, sob o título «falésia», em que se lê isto: «O termo falésia é um galicismo que deriva da palavra francesa falaise e tem o mesmo significado que arriba.» Talvez seja um bom augúrio para 2018.

 

[Texto 8534]

Helder Guégués às 18:15 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,