12
Fev 18

«Dissociar/desassociar»

Vamos lá tratar disso

 

      Ai que esta senhora engenheira confundiu os verbos dissociar e desassociar. Também é verdade que me parece que falta uma acepção nos dicionários. Falta, pelo menos, no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora.

  

[Texto 8732]

Helder Guégués às 21:03 | comentar | favorito | partilhar

Léxico: «convento jurídico»

Convento, sim, mas...

 

      Estava aqui a ler um texto sobre o homicídio do pretor L. Calpúrnio Pisão às mãos de um termestino, e pensei logo: «Queres ver que este gentílico não está nos dicionários?» Mas está. Está, pelo menos, no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: «relativo a Termes, antiga cidade da Hispânia tarraconense, ou que é seu natural ou habitante». Não estou a ver porque há-de estar grafado com minúscula. É Hispânia Tarraconense. Como Termes se situava no extremo meridional do conventus Cluniensis, lembrei-me de ir ver se aquele dicionário registava convento nesta acepção. Reflecti que, se Bluteau levara a expressão convento jurídico para o dicionário, e Fr. Domingos Vieira, mais tarde, ainda lá podia permanecer, mas isso já seria demasiado bom. Não está.

 

[Texto 8731]

Helder Guégués às 19:52 | comentar | ver comentários (1) | favorito | partilhar
Etiquetas: ,

Léxico: «detónica»

Desconhecida

 

      «Os autores [Pedro Ginja e Gerard Passola Parcerissa] defendem que devem “ser encetados estudos subsequentes de caracterização da geologia, da pedologia, da geotecnia, em especial no que concerne à mecânica dos solos, e as respetivas relações com as questões da acústica (som emitido pela atuação dos conjuntos musicais e detonação dos fogos de artifício) e da detónica (fogos de artifício: caracterização das ondas de choque, caracterização dos materiais – solo e árvore – ao choque e avaliação de possíveis danos)”» («Árvore que caiu na Madeira estava em “bom estado global”, aponta relatório», Rádio Renascença, 12.02.2018, 16h39).

      Detónica. Parece uma coisa séria, ciência ancilar que seja, mas nenhum dicionário nos diz do que se trata. O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora só pergunta: «Queria pesquisar betónica, demonico

 

[Texto 8730]

Helder Guégués às 18:46 | comentar | ver comentários (1) | favorito | partilhar
Etiquetas: ,
12
Fev 18

Donde vem o meixão

Mais informativo

 

      «O meixão, nome que é dado às enguias bebés, nasce no Mar dos Sargaços, em pleno Oceano Atlântico e quando chega à costa europeia, arrastado pelas marés, começa a subir os rios de vários países, onde vai crescer, se não for apanhado» («Apetite da Ásia torna meixão negócio ilegal de milhões», Celso Paiva Sol, Rádio Renascença, 12.02.2018, 7h00).

      Meixão, recorde-se, está há menos de um ano no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora (aqui), mas talvez merecesse este acrescento na definição.

 

[Texto 8729]

Helder Guégués às 18:44 | comentar | favorito | partilhar