20
Mai 18

Léxico: «embruscar»

Estamos sempre a tempo

 

      «Para lá desse cansaço benéfico, embruscava-se a nuvem do futuro; e uma onda de vasa, pútrida, verde, refluía do passado; nela se afogava Wolfgang, abandonado; e Soledad chorava, já sem rosto; Pilar, amofinhada, como uma caricatura, aguilhoava-o ainda, insultava-o» (A Noite Roxa, Urbano Tavares Rodrigues. Lisboa: Livraria Bertrand, 1956, p. 139).

      No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: ✘. No VOLP da Academia Brasileira de Letras: ✔.

 

[Texto 9252] 

Helder Guégués às 14:55 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «migrante»

Só isto?

 

      A chegada à Europa de milhares de migrantes e refugiados de barco tem levantado muitas preocupações, mas ainda não deu ensejo para as definições de migrante e de refugiado melhorarem nos dicionários. Na realidade, o problema está mais na definição de migrante, que no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora não passa de adjectivo (!), e é somente o «que muda de região ou de país». Não há mais nada para dizer? É também isto que contribui para haver quem confunda os dois termos.

 

 [Texto 9251]

Helder Guégués às 13:41 | comentar | ver comentários (1) | favorito
20
Mai 18

Léxico: «lírio-do-vale» e «astilbe»

Quase em astilhas

 

      Parece então que Meghan Markle deslumbrou com a simplicidade do seu vestido de decote à barco, ligeiramente rebaixado, sem rendas, nem folhos, nem brilhantes, desenhado por Clare Waight Keller, a primeira directora artística da casa francesa Givenchy. Não é interessante a expressão decote à barco (boat-neck, para a legião de anglófonos que nos segue), e um pouco estranha também? De decotes, os dicionários dizem-nos muito pouco, e o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora talvez menos do que os outros. E o ramo da noiva? Continha, entre outras flores, astilbes e lírios-do-vale. Astilbe (Astilbe X arendsii) e lírio-do-vale (Convallaria majalis)... No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: ✘. No VOLP da Academia Brasileira de Letras: ✔.

 

[Texto 9250]

Helder Guégués às 10:33 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,