17
Jun 18

Por exemplo

Precisa pois

 

      «Bem comportados, ficámos na primeira fila, com centenas de coreanos atrás e ao lado, organizados com geometria militar» (Dentro do Segredo: Uma Viagem na Coreia do Norte, José Luís Peixoto. Lisboa: Quetzal, reimpressão de Janeiro de 2017, p. 54).

      Não, não, não: bem-comportado e malcomportado. Por acaso acerta noutra que anda muitas vezes mal escrita: «Em 1948, houve uma tentativa malsucedida de levar a cabo eleições em toda a península» (idem, ibidem, p. 26).

 

[Texto 9429]

Helder Guégués às 23:29 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Regência verbal

Um caso

 

      «Crianças a caminharem sozinhas pelas ruas, a apanharem o metro sozinhas, talvez porque existiam militares em cada esquina, talvez porque viviam num Estado policial ou talvez por outro motivo qualquer, que também poderemos considerar se nos permitirmos a ver as questões por mais do que apenas uma perspectiva» (Dentro do Segredo: Uma Viagem na Coreia do Norte, José Luís Peixoto. Lisboa: Quetzal, reimpressão de Janeiro de 2017, p. 86).

      Que regência verbal é esta? Eu desconheço-a completamente. Se nos permitirmos a ousadia de considerar que é erro do revisor, fica o autor ilibado. Talvez, depois de tantas reimpressões, esteja afinal precisada de uma reedição. Digo eu.

 

[Texto 9428]

Helder Guégués às 23:14 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «caseirismo»

Melhor do que em inglês

 

      «O sistema de concursos agrava o envelhecimento e não estimula a sã competição para selecionar os mais promissores para o futuro. A compressão orçamental dos últimos 20 anos levou todas as universidades a fecharem-se ainda mais, agravando o caseirismo (inbreeding) que já era endémico. A justificação é muito simples e compreensível. Pelo custo da admissão de um candidato externo podemos “promover” muitos candidatos da casa» («Sim a uma nova carreira universitária», José Ferreira Gomes, Público, 17.06.2018, p. 30).

      É a segunda vez que encontro este neologismo para designar esta opção (e como tradução de academic inbreeding), pelo que se pode afirmar que não é invencionice de última hora de José Ferreira Gomes, professor da Universidade do Porto e ex-secretário de Estado do Ensino Superior no XIX e XX governos. Sim, apenas duas vezes, mas, tendo em conta que é um termo tão específico e como foi usado por dois autores, é de crer que se use com alguma frequência no meio.

 

[Texto 9427]

Helder Guégués às 22:57 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Antes «colãs», pois claro

Castigo

 

      Já aqui vimos o aportuguesamento colãs, tal como também vimos o sinónimo, e este legitimamente português, meias-calças, tanto em traduções como em obras de autores portugueses. Cada vez são mais comuns estas opções. Os mais cépticos são, por vezes, castigados mansamente: «No caso de escolherem outros vestidos ou saias mais curtas, mas que tapavam sempre os joelhos, as mulheres usavam collans, opacos ou quase, e, por cima, meias de algodão ou lã a cobrir os pés e os tornozelos» (Dentro do Segredo: Uma Viagem na Coreia do Norte, José Luís Peixoto. Lisboa: Quetzal, reimpressão de Janeiro de 2017, p. 88). (Ah, muito bem, «reimpressão de Janeiro de 2017», e não, como se vê quase sempre, «15.ª edição», «22.ª edição», lamentáveis imprecisões, quando não descaradas mentiras.)

 

[Texto 9426]

Helder Guégués às 10:58 | comentar | favorito
17
Jun 18

«LGBTQI+»?

Está na hora

 

      «Na 19.ª edição da marcha LGBTQI+ participaram essencialmente jovens, mas a iniciativa contou também com a adesão de famílias, onde [sic] não faltaram crianças» («Marcha de Orgulho Gay reúne dez mil em Lisboa», J. S., Correio da Manhã, 17.06.2018, p. 51).

      Cada vez que reparo na sigla, está um pouco maior. Então agora já tem também o sinal +, viram? Parece, contudo, que está certo, pelo que o Dicionário de Siglas e Abreviaturas da Porto Editora não pode deixar desamparados os falantes por muito mais tempo.

 

[Texto 9425]

Helder Guégués às 10:10 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,