10
Jul 18

Viva a gramática, vivam os revisores

Viva, Ferreira Fernandes

 

      «Restelo, bairro de Lisboa, rua de Alcolena, pequena e de vivendas, às 13 horas, à hora que escrevo. Porque não está lá uma multidão? Ou um descendente do Senhor do Adeus, o homem que distribuía saudações aos lisboetas, de madrugada, só porque gostava deles? A Tailândia merece este gesto nosso: viva! Viva um país que cuida dos seus, salva os seus. Viva a Tailândia, viva os tailandeses[,] que não perderam a esperança por doze miúdos e o seu treinador» («Viva os tailandeses!», Ferreira Fernandes, Diário de Notícias, 10.07.2018, 13h35).

      Podia ter ficado pelo título, que já está errado, mas Ferreira Fernandes merece sempre ser citado mais extensamente. Então agora o verbo deixou de concordar com o sujeito? No singular e sem sujeito, sim, esta forma verbal usa-se como uma interjeição de saudação (como no meu título), de aclamação ou de entusiasmo. A anteceder um substantivo, concorda obrigatoriamente com este. Quanto à referência à Rua de Alcolena, diga-se, para quem não sabe nem se quer dar ao trabalho de pesquisar, que é a rua de Lisboa onde está a Embaixada da Tailândia. Alcolena é um evidente arabismo e significa «o coelho».

 

[Texto 9589]

Helder Guégués às 19:42 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «chapéu»

E no ténis

 

      «Uma partida marcada por um ponto extraordinário do atleta maiorquino que executou um ‘lob’ (chapéu) de excelência, virado de costas para o adversário» («Nadal realizou um ponto ‘bárbaro’ e enlouqueceu o mundo», Notícias ao Minuto, 8.07.2018, 16h00).

      Na imprensa em língua inglesa, o que se lê é tweener lob. Vejamos nos dicionários. No Dicionário de Inglês-Português da Porto Editora, diz-se que lob é «(críquete, ténis) jogar uma bola alta». Mas será apenas uma bola alta? Não. O que se lê em alguns dicionários de língua inglesa é que lob é «a ball hit, thrown, or propelled in a high arc». Em arco, então, daí o chapéu. Chapéu, para o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: «DESPORTO (futebol, andebol) remate por cima do guarda-redes». Só no futebol e no andebol? Ao que parece, não.

 

[Texto 9588]

Helder Guégués às 13:51 | comentar | ver comentários (1) | favorito
10
Jul 18

«Estanquidade»

A única correcta

 

      «De acordo com o Serviço Municipal de Protecção Civil do Cadaval, foi retirado do reservatório denominado Quartel — alvo de reparação em Maio passado — um “saco” de PVC responsável pela estanquicidade do reservatório, através da retirada de uma das chapas da sua estrutura» («Reservatórios de apoio ao combate de incêndios vandalizados em Montejunto», Jorge Talixa, Público, 10.07.2018, p. 10).

      Felizmente, o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora só regista uma forma anómala, «estanqueidade». Por mim, até as pode registar todas — mas com a ressalva de que se trata de formas anómalas, e remeterem para a única correcta, estanquidade.

 

[Texto 9587]

Helder Guégués às 09:41 | comentar | ver comentários (3) | favorito