Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «complexo turístico»

Confusão à vista

 

      «A criança estava com os pais de férias no complexo turístico na Arrábida. [...] O incidente aconteceu na terça-feira passada, 17 de julho. O menino ficou preso no filtro da piscina, localizada numa casa de turismo rural» («MP abre inquérito a morte de criança em piscina», Rádio Renascença, 24.07.2018, 20h04).

      Há complexos turísticos como turismo rural? Duvido, mas a confusão parece ser outra. Infelizmente, os dicionários não ajudam, pois não acolhem a expressão «complexo turístico». Na Infopédia, só em dicionários bilingues, mas isso pouca utilidade tem. Complexe touristique. Aqui, vejo esta definição: «Ensemble d’installations hôtelières et d’équipements de loisirs aménagés en un lieu par un même promoteur.»

 

[Texto 9705]

Léxico: «baixo-alentejano/alto-alentejano»

Como pode isso ser?

 

      «Com efeito, ao longo das últimas semanas, os coordenadores do movimento Florival Baiôa e o humorista Bruno Teixeira fizeram insistentes apelos à comunidade baixo-alentejana para que fossem ver a aterragem, explicando que era fundamental contar com a presença dos cidadãos de forma a testemunharem este momento “histórico”» («“Chegou ao Aeroporto de Beja uma avioa que vem prenhe”», Carlos Dias, Público, 24.07.2018, p. 14).

      Ó Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, então tu não te envergonhas de registar baixo-astral e alto-astral e não acolheres baixo-alentejano e alto-alentejano?!

 

[Texto 9704]