17
Set 18

Léxico: «canabidiol/CBD»

Agora sim

 

      «A Coca-Cola poderá ser a próxima marca a apostar em bebidas com infusão de canábis. O componente da canábis que a marca pondera utilizar é o CBD, que não tem efeitos psicoativos» («Coca-Cola poderá apostar em bebidas com infusão de canábis», V Digital, 17.09.2018, 17h48).

      É a notícia do dia. Como é habitual, os jornalistas esquecem-se de aplanar o caminho ao pobre leitor. CBD está por canabidiol, que se pode encontrar em vários dicionários, mas não no da Porto Editora.

 

[Texto 9933]

Helder Guégués às 19:37 | comentar | ver comentários (1) | favorito | partilhar
Etiquetas: ,

Léxico: «tarbuche»

Sem perdão

 

      «Apenas um encontrão? Não. O homem, vestido à europeia, mas de tarbuche, dizia-me num francês aspirado “Pardon”, mas sentia-lhe os dedos a caminharem para o bolso interior do meu casaco, onde eu guardara a carteira e o passaporte» (Jornadas no Oriente: Lisboa-Goa e Volta, Urbano Tavares Rodrigues. Lisboa: Livraria Bertrand, 1956, p. 35).

      Ao não acolheres o vocábulo tarbuche, Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, qual é a ideia? Que se use a palavra com grafia inglesa?

 

[Texto 9932]

Helder Guégués às 10:59 | comentar | ver comentários (7) | favorito | partilhar
Etiquetas: ,

Léxico: «nalgatório»

Só à nalgada

 

      «Chame-se-lhe então nalgatória», lembra, certeiro, Montexto. Podia ser. Palmatória é que não é. E a propósito, que fez o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora ao verbete nalgatório? «O caso fez barulho, e como em terras pequenas tudo corre, logo alguém propalou que os ósculos desferidos, no silêncio da noite, ao cu da velha, em vez de sonho, não passavam dum mero engano dos pratos, que, cabendo-lhe a vez, tomara pelo cubículo da Pulquéria a alcova da hospedeira, e por bochechas de serva o nalgatório flácido da patroa» (Os Gatos, vol. 4, Fialho d’Almeida. Lisboa: Clássica Editora, 1992, p. 21). No futuro, vai ser muito difícil ler certos livros, o despojamento dos nossos dicionários vai quase até ao osso.

 

[Texto 9931]

Helder Guégués às 10:29 | comentar | ver comentários (1) | favorito | partilhar
Etiquetas: ,

Léxico: «lingueta»

Brasil 1-Portugal 0

 

      «O “vício do rio”, como Gastão lhe chama, herdou-o do pai, que, apesar de sapateiro de profissão, decidiu comprar um barco para se entreter na pesca e passear – tinha Gastão 7 anos. Foi mais ou menos por essa altura que aprendeu a nadar, “com a barriga apoiada na pedra de uma das linguetas do rio”, na Ribeira» («“Acho facílimo que se volte aos castigos físicos nas escolas portuguesas”», Beatriz Pinto, Diário de Notícias, 17.09.2018, 6h24).

      «Rampa de cais», diz o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. «Rampa natural que se inclina para o mar ou para o rio», afirma o Aulete.

 

[Texto 9930]

Helder Guégués às 10:18 | comentar | favorito | partilhar
17
Set 18

Léxico: «gamela»

Minho e Douro Litoral

 

      «Mas esses são pequenos sustos. “Passei coisas aqui no rio que só eu é que sei”, conta [Gastão Teixeira]. “Tinha uns 18 ou 19 anos quando vi uma pessoa a atirar-se da ponte de baixo. Peguei num barquito, uma gamela, do lado de Gaia, e fui apanhar o corpo em frente ao Cálem. Parti uma tábua desse barco e dessa tábua fiz remo. E levei o corpo para terra, com a água a entrar.” Admite que nem toda a gente tenha coragem para o mesmo. Ele só a ganhou com os anos e porque, revela, teve um bom professor – o Duque da Ribeira, Diocleciano Monteiro, famoso por ensinar os meninos da Ribeira a nadar e por resgatar os corpos dos suicidas da Ponte Luís I das profundezas do rio Douro, num processo chamado “gratear”» («“Acho facílimo que se volte aos castigos físicos nas escolas portuguesas”», Beatriz Pinto, Diário de Notícias, 17.09.2018, 6h24).

      Uma gamela destas não encontramos no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. É uma embarcação outrora muito usada desde La Guardia e em toda a corda do litoral até Viana. O dicionário da Porto Editora só regista um sinónimo, masseira. Quanto a gratear, mais útil seria repetir a definição que tem em rocegar.

 

[Texto 9929]

Helder Guégués às 10:07 | comentar | ver comentários (1) | favorito | partilhar
Etiquetas: ,