20
Out 18

Sobre o PAN

Nem aos pares

 

      «O partido Pessoas Animais e Natureza (PAN) apresentou uma queixa à Comissão Europeia contra as dragagens do Sado» («PAN queixa-se à UE contra dragagens», Sebastião Almeida, Público, 20.10.2018, p. 19). «Texto editado por Ana Fernandes», lê-se ao fundo do artigo. Pois nem os dois juntos acertaram no nome do partido, que já vi escrito de várias formas, é verdade. Eles com certeza sabem, e o que eles dizem é que são o partido Pessoas-Animais-Natureza, PAN. Com hífenes, e não com meias-riscas como se vê na Wikipédia.

 

[Texto 10 161]

Helder Guégués às 18:02 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Generalidade/especialidade

Discussão

 

      «“O Bloco de Esquerda votará favoravelmente o OE 2019 na generalidade, mas bater-se-á por novos avanços na especialidade”, anunciou Catarina Martins, em conferência de imprensa no final da reunião da Mesa Nacional do BE, órgão máximo do partido entre convenções» («BE vota a favor do Orçamento», Rádio Renascença, 20.10.2018, 16h20).

      Há alguns dicionários que ignoram estas acepções específicas de generalidade e especialidade. O falante que se desenrasque, que já é crescido (ou vai ser).

 

[Texto 10 160]

Helder Guégués às 17:04 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Espinosa. Bento de Espinosa

Holandês, mas português

 

      Espinosismo: «FILOSOFIA doutrina filosófica de Baruch Espinosa, filósofo holandês (1632-1677), que considera Deus como a única substância com uma infinidade de atributos, dos quais o homem conhece apenas dois, a extensão e o pensamento, sendo o mundo o conjunto dos modos desses dois atributos» (in Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora).

      Por mais de um motivo, entre os quais avulta o de ser mesmo o seu nome, não se devia escrever Bento de Espinosa? Eu deixava Baruch para os estrangeiros. E Spinoza, claro.

 

[Texto 10 159]

Helder Guégués às 12:54 | comentar | ver comentários (2) | favorito

Léxico: «fazer alto»

Outra que levou sumiço

 

      «Em Alverca fizemos alto e acampámos por algumas horas, dividindo-se a pequena força em Brigadas e tomando o comando dela o General Bernardo da Silveira, por ser o mais graduado» (Ribatejo, Casos e Tradições, vol. 1, Francisco Câncio. Lisboa: Imprensa do Barreiro, 1948, p. 176).

     Fazer alto significa parar, suspender a marcha. Se está em todos os dicionários antigos, dos modernos desapareceu. Não o vejo no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. E, contudo, até em traduções se usa a expressão.

 

[Texto 10 158]

Helder Guégués às 12:28 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «moinhologia»

Com ares de ciência

 

      «Toda esta envolvência torna-se [sic] uma atração e, por esta altura, o símbolo da freguesia [de Alvorninha, Caldas da Rainha] é o moinho das Boisias, recuperado este ano para dar a conhecer os processos usados na moagem de trigo e milho e produção de farinha. Com uma torre em madeira, é uma referência da moinhologia nacional» («Terra agrícola. Envolvência é toda uma atração», Francisco Gomes, «Sexta»/Correio da Manhã, 19-25.10.2018, p. 37).

      Já o tinha visto por aí. A tentação de fazer parecer ciência aquilo a que nos dedicamos, seja o que for, é sempre muito grande.

 

[Texto 10 157]

Helder Guégués às 09:31 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas: ,
20
Out 18

Dossoró ou Dassará

Nunca se espera

 

      «Pelo menos 50 pessoas terão morrido colhidas por um comboio. A tragédia aconteceu esta sexta-feira, na Índia, durante um festival religioso. O comboio atingiu uma multidão que estava sentada na linha do comboio, nos arredores de Amritsar, a assistir a uma celebração no festival Dussehra» («Índia. Pelo menos 50 pessoas terão morrido colhidas por comboio», Rádio Renascença, 19.10.2018, 17h03).

      Não foi em vão que estivemos séculos na Índia: este festival tem nome em português, é Dassará ou Dossoró. Claro, não esperava que os jornalistas soubessem. Os dicionários também não ajudam.

 

[Texto 10 156]

Helder Guégués às 09:21 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,