03
Nov 18

Léxico: «baja»

Já que se usa

 

      Quando a velocidade não é muita (serão suficientes os 180 km/h de velocidade máxima do novo Mercedes-Benz EQC?), vemos por essas estradas fora grandes cartazes em que se lê «Baja 500 Portalegre», «Baja TT Idanha-a-Nova», «Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal», etc. Nos nossos dicionários, só silêncio sobre isto. E, contudo, é um estrangeirismo já arreigado. Arreigado, mas, como sempre, há-de haver quem não saiba e até julgue que é erro, por «baixa» (e até podia ser assim) ou, sei lá, para os mais atoleimados ou loucos, «Beja».

 

[Texto 10 231]

Helder Guégués às 22:07 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «aveludado»

Era bem substantivo

 

      Ontem, comecei o jantar com um aveludado de cenoura com espinafres. Ora, aveludado, na maioria dos nossos dicionários, entre os quais está o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, só como adjectivo o encontramos. Dicionários fora dos dicionários, é o que nós temos.

 

[Texto 10 230]

Helder Guégués às 21:35 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Porto Sudão

Excepto isso...

 

      Hoje, mal entrei na Bertrand do La Vie, na Guarda, o livro que me veio parar às mãos foi Porto-Sudão, de Olivier Rolin, publicado pelos Livros do Brasil. Antes de o folhear, a pergunta: porquê o hífen? Desde quando? Ora, não será porque em francês se diz Port-Soudan e os tradutores muitas vezes não conseguem descolar do original? Aliás, a capa apresenta logo outro erro: «Coleção Miniaturas». Ah, está bem, segue o Acordo Ortográfico de 1990...

 

[Texto 10 229]

Helder Guégués às 21:17 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «resseguradora»

Temos de saber

 

      «A APS [Associação Portuguesa de Seguradoras] propõe que o Governo crie uma agência que se encarregue da reconstrução e que, em bloco, contrate junto de resseguradoras internacionais uma proteção das seguradoras nacionais. Galamba de Oliveira garante que não implicaria o gasto de dinheiro público» («Só 16% das casas têm seguro contra sismos», Alexandra Figueira, Jornal de Notícias, 3.11.2018, p. 6).

      Os lexicógrafos acham que não precisamos de saber o que significa resseguradora, no que se enganam. Na Infopédia, como gato escondido, só aparece num bilingue, o de Alemão-Português, para traduzir o termo Rückversicherungsgesellschaft.

 

[Texto 10 228]

Helder Guégués às 20:52 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «lambeca»

Para corrigir

 

      «Da visita que o Presidente da República fez anteontem e ontem a Porto Santo e ao Funchal, há fotos de quase tudo. Marcelo a comer um lambecas (gelado tradicional da ilha), Marcelo a provar tabaibo (figo-da-índia) durante a visita ao Campo Experimental do Farrobo [...] Mas, de todos, o momento que merece ser aqui destacado é aquele em que o Presidente Marcelo se delicia com o referido lambecas, sob o olhar guloso de Miguel Albuquerque, líder do governo regional, que parece estar aqui a exigir um gelado igual» («Foto da semana», Público, 3.11.2018, p. 9).

      Só o encontro como lambeca e do género feminino, «uma lambeca». O jornalista, contudo, explica que é um gelado tradicional da ilha, que é o que eu sempre supus, ao passo que o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora omite essa informação: «gelado de máquina, bastante cremoso com diferentes sabores e servido em cone».

 

[Texto 10 227]

Helder Guégués às 20:23 | comentar | ver comentários (1) | favorito

Léxico: «manobrador»

Aquele que manobra

 

      «Os manobradores são os ferroviários que operam manualmente as agulhas para fazer o caminho para os comboios e que dão indicações ao maquinista sobre como e quando devem avançar ou recuar» («Falta de manobradores deixa comboios do Algarve trancados na oficina», Carlos Cipriano, Público, 3.11.2018, p. 20).

      Nos nossos dicionários, a definição de manobrador, de tão genérica, é quase inútil: aquele que manobra. Temos larguíssimas centenas, quando não milhares, de verbetes em idênticas circunstâncias.

 

[Texto 10 226]

Helder Guégués às 19:55 | comentar | ver comentários (2) | favorito
03
Nov 18

Léxico: «ferrovia»

Está na moda

 

      Nunca como hoje em dia se usou tanto a palavra «ferrovia». Às vezes, até julgo que estou em Espanha, ferrovía. Seja como for, o étimo é italiano. E também nunca deparo com a palavra que não me lembre da incoerência de se escrever «via-férrea», mas «linha férrea».

 

[Texto 10 225]

Helder Guégués às 06:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: