07
Dez 18

Léxico: «cablagem»

O que for mais fácil

 

      «Alguns prédios da rua de São Bento, em Lisboa, foram evacuados esta sexta-feira de manhã depois de um alerta sobre um forte cheiro a gás. [...] Ao local deslocaram-se também os piquetes [d]as empresas fornecedoras de eletricidade e gás, tendo-se percebido que o cheiro a monóxido de carbono estava relacionado com as cablagens elétricas que servem os edifícios» («Lisboa. Cheiro a gás leva a evacuação de prédios em São Bento», Rádio Renascença, 7.12.2018, 11h32).

      Salvo melhor opinião, a definição de cablagem no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora não abrange a acepção do artigo. E agora, mudamos a realidade ou a definição? «ELECTRICIDADE conjunto de cabos condutores de um aparelho ou dispositivo eléctrico ou electrónico».

 

            [Texto 10 420]

Helder Guégués às 13:02 | comentar | ver comentários (4) | favorito

Léxico: «rotor»

E se for de cauda?

 

      «Uma falha mecânica deu origem à queda do helicóptero do Leicester City que vitimou cinco pessoas, entre as quais o dono do clube, Vichai Srivaddhanaprabha. Um primeiro relatório do organismo responsável pela investigação dá conta de uma avaria técnica dos pedais do piloto no sistema do rotor de cauda do helicóptero, que levou à perda de controlo» («Falha técnica deu origem à queda do helicóptero do Leicester», Rádio Renascença, 6.12.2018, 16h09).

      Não sou — espero que não se note muito — especialista em aeronáutica, mas a definição de rotor que podemos ler no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora não pode estar correcta: «grande hélice de eixo vertical que nos helicópteros assegura a sustentação». Há várias configurações do rotor ou rotores num helicóptero. No caso do helicóptero de Vichai Srivaddhanaprabha, tinha um rotor principal e um rotor de cauda. Logo, a definição do dicionário da Porto Editora não está redigida de modo que abranja todo o tipo de rotores.

 

            [Texto 10 419]

Helder Guégués às 10:32 | comentar | ver comentários (3) | favorito

Léxico: «força-tarefa/unidade-tarefa»

Não lhes agradecemos

 

      «Exemplo disso, adiantaram, ocorreu com a criação artificial de um cargo para um desses oficiais obter as qualificações mínimas: a Marinha nomeou-o como comandante de uma força-tarefa — em rigor, unidade-tarefa — composta por um único navio, quando este foi há semanas em missão a Angola» («Comandante da fragata Corte Real afastado após viagem tempestuosa», Manuel Carlos Freire, Diário de Notícias, 6.12.2018, 15h29).

      Não estão nos nossos dicionários, e o primeiro — que o VOLP da Academia Brasileira de Letras regista — aparece com frequência. Deve ser uma forma indirecta de promoverem o uso de task force.

 

            [Texto 10 418]

Helder Guégués às 09:31 | comentar | ver comentários (3) | favorito
Etiquetas: ,
07
Dez 18

Léxico: «governatorado»

Era previsível

 

      «Para assegurar uma maior transparência, Francisco determinou a instituição de uma “Unidade de Controlo e Inspeção” no âmbito do Governatorado» («Governo do Vaticano com nova lei», Jornal da Madeira, 7.12.2018, p. 28).

      Duas inevitabilidades: os nossos dicionários não o registam e o VOLP da Academia Brasileira de Letras opta por governatorato.

 

            [Texto 10 417]

Helder Guégués às 08:50 | comentar | favorito
Etiquetas: ,