Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «criossismo»

Agora não é teórico ou no ar

 

      A propósito do vórtex (ou vórtice) polar, no Telejornal da RTP3, mostraram uma entrevista a Ed Shimon, do Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA: «O termo oficial é “cryosysis”, mas o termo mais usado é terramoto de gelo. É uma situação onde há uma queda brusca das temperaturas, depois de uma situação em que o solo pode estar saturado de chuva, como aconteceu recentemente.» É também o que eu ouvi e o que estava nas legendas — cryosysis. Sucede, porém, que não encontro esta palavra em lado nenhum. Por outro lado, nas últimas horas, a palavra que insistentemente se tem usado a propósito do tempo nos EUA é cryoseism, esta sim registada nos dicionários: «Also known as frost quake may be caused by a sudden cracking action in frozen soil or rock saturated with water and ice» (in Collins). Ora, no dia 29 de Dezembro, um sábado, lembro-me bem, enquanto esperava uma pessoa no Parque Marechal Carmona, dei uma olhadela à revista Quero Saber, e vi lá isto: «Um abalo causado pelo gelo, ou criossismo, é um fenómeno natural raro que faz o solo tremer na proximidade imediata do respetivo epicentro e produz um som estrondoso» («Abalos causados pelo gelo», Quero Saber, Outubro/Novembro de 2018, p. 71). Afinal, sempre faz falta o termo criossismo.

 

[Texto 10 694]

Léxico: «pangásio»

Não é «pancrácio»

 

      Ora aqui temos uma promoção imperdível de filetes de pangásio sem pele. Seis embalagens, se faz favor. Lá porque pangásio não está no dicionário da Porto Editora não quer dizer que não seja comestível. O pangásio (Pangasianodon hypophthalmus/Pangasius bocourti), vulgarmente conhecido como panga ou peixe-gato, vive em rios e estuários na Índia, mas, claro, este que compramos é produzido em aquacultura por todo o Sudeste Asiático. Está na Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira e no VOLP da Academia Brasileira de Letras, por exemplo. E, agora, no meu prato.

 

[Texto 10 693]

Pág. 1/89