Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Léxico: «periaquedutal»

Bom ano!

 

      Ora deixem-me cá estrear 2019. Ah, nada mau, está-se aqui muito bem. Prossigamos com o nosso desígnio actual — com um tudo-nada de fanatismo —, melhorar os dicionários, corrigindo, de caminho, alguns desmandos no uso da língua. Em 2018, publiquei aqui 1984 textos. Se apenas 25 % fossem mesmo úteis, mas não chego a ser tão pessimista, ainda seria muito bom. Que 2019 não seja pior.

      «Yan-Gang Sun e sua equipa suspeitaram de que a substância cinzenta periaqueductal (ou substância cinzenta central) poderia estar envolvida neste ciclo da sensação de comichão e do acto de coçar. Porquê? Esta região cerebral, explicam os investigadores, tem um papel crítico e bem conhecido no processamento de outras informações sensoriais relacionadas, como a dor» («A comichão faz comichão aos cientistas», Andrea Cunha Freitas, Público, 31.12.2018, p. 20).

      Evidentemente, vem do inglês. Todavia, como em português se escreve «aqueduto», também me parece que se deva escrever periaquedutal. Seja como for, não o encontro em nenhum dos nossos dicionários. O dicionário da Porto Editora regista aqueduto de Sílvio, «passagem estreita entre o 3.º e o 4.º ventrículos do encéfalo».

 

[Texto 10 519]

Pág. 89/89