21
Fev 19

Léxico: «andador das almas»

Convém conhecer

 

      «Para em tudo ser anacrónico com o tempo em que vivemos, o andador das almas além das espórtulas quotidianas recebe também emolumentos» (Galeria de Figuras Portuguesas: a poesia popular nos campos, Luís Augusto Palmeirim. Lisboa: Perspectivas & Realidades, 1989, p. 139).

 

[Texto 10 849]

Helder Guégués às 14:08 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «anti-sionismo»

Mas bem definido

 

      «Macron anunciou que a legislação proposta vai classificar o antissionismo (a negação do direito de existência do Estado de Israel) como uma forma de antissemitismo. Macron revelou ainda que o Governo vai dissolver três grupos de extrema-direita — o Bastion Social, Blood e Honor Hexagone e o Combat 18. O presidente diz que estes grupos só existem para alimentar o ódio e promover a discriminação» («Campas e lojas vandalizadas. Desde a 2.ª Guerra que não havia tantos ataques a judeus», Margarida Serra, TSF, 21.02.2019, 12h23).

      Não o tens, dicionário da Porto Editora, mas agora vê lá se o defines adequadamente. No Merriam-Webster,anti-Zionism é definido como a «opposition to the establishment or support of the state of Israel: opposition to Zionism». No Larousse, o antisionisme é definido como a «hostilité à l’existence ou à l’extension de l’État d’Israël».

 

[Texto 10 848]

Helder Guégués às 13:22 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «siba/gládio»

Vestígios

 

     «Uma proteína encontrada em dentes de lula pode ser uma alternativa ao plástico no fabrico de tecidos com aplicação em setores desde a saúde à defesa, segundo um estudo publicado no boletim “Frontiers of Chemistry”. [...] Este material, um biopolímero encontrado nos dentículos que rodeiam o interior das ventosas dos tentáculos de algumas espécies de lula, “tem propriedades físicas únicas que não se encontram em polímeros sintéticos como o plástico”, referiu [o investigador Melik Derimel, da Universidade da Pensilvânia, EUA]» («Dentes de lula podem ser uma alternativa ao plástico», Rádio Renascença, 21.02.2019, 10h19).

      Ainda ontem a minha filha me perguntou o que era aquela espécie de plástico no interior das lulas — não, não são os dentículos, mas aquela espécie de pena transparente. Respondi-lhe que se chamava siba ou gládio e que a maioria das lulas o têm, sendo o vestígio da concha externa dos cefalópodes ancestrais. Nos nossos dicionários, este gládio não aparece, e siba está mal definido.

 

[Texto 10 847]

 

Helder Guégués às 11:03 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «microscopista»

Parece passatempo

 

      Vejamos as diferenças. Microscopista: «pessoa que se ocupa de microscopia» (in Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora). O que se ocupa... Dito assim (como também outros dicionários o fazem), até parece um passatempo inócuo. Microscopista: «Chi fa osservazioni e indagini di natura scientifica col microscopio» (in Treccani).

 

[Texto 10 846]

Helder Guégués às 10:01 | comentar | ver comentários (1) | favorito

Léxico: «veterocatólico»

E já vais atrasado

 

      «O anúncio foi feito durante a sua presença no ‘Programa da Cristina’, onde revelou que, tendo já sido casado pela igreja, o matrimónio será feito numa igreja vetero-católica, nas suas palavras, “reconhecida pelo Vaticano”» («Toy volta a casar pela igreja», Jornal da Madeira, 21.02.2019, p. 27).

      Ó Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, ajuda esta gente, coitada, ajuda-te a ti próprio.

 

[Texto 10 845]

Helder Guégués às 09:16 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «nuclearista»

Mais um tijolo

 

      «Pedro Ramos [secretário regional da Saúde] reconheceu ainda a falta de médicos na Unidade de Medicina Nuclear, um problema sentido ao nível nacional, garantindo, contudo, que será aberto este ano concurso público para mais dois ou três médicos nuclearistas» («SESARAM quer mais médicos nuclearistas», Jornal da Madeira, 21.02.2019, p. 6).

      Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, é todo teu. Serás o primeiro.

 

[Texto 10 844]

Helder Guégués às 09:04 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «tecnológica», de novo

Só para lembrar

 

      «O serviço de email da Google vai receber a tão aguardada reformulação visual que a tecnológica tinha prometido em janeiro» («Prepare-se. O Gmail vai mudar radicalmente», Dinheiro Vivo, 20.02.2019, 15h55).

 

[Texto 10 843]

Helder Guégués às 08:25 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «saturniano»

Falta de sistematização

 

      «Os saturnianos tinham aspecto semelhante a lindas crianças terrenas, de traços nobres e delicados, com expressão inocente e confiante, mas dotados de prodigioso intelecto, apesar da profunda modéstia» (Esvoaçando, Luís Portela. Porto: Edições ASA, 1999, p. 125).

      As falhas dos dicionários: o suposto habitante da Lua é o selenita; o suposto habitante de Marte é o marciano; o suposto habitante de Saturno foi esquecido, tal como os dos planetas Vénus, Júpiter, Neptuno, Urano e Mercúrio. Falta de sistematização.

 

[Texto 10 842]

Helder Guégués às 08:23 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Como se fala por aí

Caladinho é que era

 

       «Surpreendeu tudo e todos ao anunciar a greve de fome. Todos menos os que o conhecem melhor. Ulisses Rolim, antigo colega de curso na Escola Superior de Enfermagem São João de Deus (Évora) diz-se “surpreso, mas não surpreendido”» («Teimoso, genuíno e bom garfo. Quem é o enfermeiro em greve de fome?», Susete Henriques, Diário de Notícias, 20.02.2019, 21h33).

      Eu só não sei como não se envergonham de dizer estas parvoíces, isso sim. E como também a jornalista não se envergonha de a pôr em letra de forma. Ou estará simplesmente a pôr à prova a nossa paciência? Francamente. Susete Henriques, aprenda a cortar parvoíces, poupe-nos e poupe-se.

 

[Texto 10 841]

Helder Guégués às 08:20 | comentar | favorito

Léxico: «sapatona»

Estão desculpadas

 

      «“Lésbicas de merda, sapatonas, fufas, vacas de merda, vacas do caralho.” Débora Pinheiro, de 21 anos, e Sara Casinha, de 28, pedem desculpa ao elencar os insultos de que foram alvo no domingo à tarde, naquilo que era suposto ser um passeio de namoradas recém-noivas pela Costa de Caparica e que acabou no posto da GNR, com uma queixa por agressão» («“Disse que não sabia se me havia de bater ou dar um beijo na boca”», Fernanda Câncio, Diário de Notícias, 19.02.2019, 15h48).

      Ora essa, não têm de pedir desculpa — se foi o que o anormal disse, é repetir. (Talvez Fernanda Câncio queira pedir desculpa pelo «elencar» e o «recém-noivas», pequenos atentados.) Ó dicionário da Porto Editora, meu ingénuo, então sapatona é simplesmente o aumentativo feminino singular de «sapata»? Lembra-te do marciano, lembra-te das criancinhas, cresce. O que é engraçado é que não te esqueceste do brasileirismo sapatão para designar também a mulher homossexual machona. Melhor padrasto que pai...

 

[Texto 10 840]

Helder Guégués às 08:18 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,
21
Fev 19

«Muitochinho»

A plasticidade da língua

 

      «“Penso até que o PS — até para não ficar amarrado à infeliz frase da vitória poucochinho —, tem de ter uma vitória por ‘muitochinho’. E, portanto, tem que subir significativamente o número de deputados”, frisou [o eurodeputado socialista Manuel dos Santos], acrescentando que há “todas as condições” para que tal aconteça» («Socialista critica Costa: “O PS tem de ter vitória por ‘muitochinho’”», João Francisco Guerreiro, correspondente da TSF em Bruxelas, TSF, 20.02.2019, 15h26).

 

[Texto 10 839]

Helder Guégués às 08:07 | comentar | favorito
Etiquetas: