28
Fev 19
28
Fev 19

Léxico: «mandeu»

Surpresa nenhuma

 

      Ora, que grande surpresa que a tradutora não conseguisse verter Mandaean, se não está em quase nenhum dos nossos dicionários. É mandeu/mandeia (registem o feminino, ou dá bronca). Como também é mandeísmo, igualmente ignorado. E, contudo, todos estão no VOLP da Academia Brasileira de Letras. «A member of a Gnostic sect of Iraq and south-western Iran, who regard John the Baptist as the Messiah and stress salvation through knowledge of the divine origin of the soul» (in English Oxford Living Dictionaries). Vem do aramaico, a língua semita que Jesus — mera hipótese, julgo — falava. Naquele território e naquela época, século I, falavam-se quatro línguas: aramaico, hebraico, grego e latim.

 

[Texto 10 891]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,
27
Fev 19
27
Fev 19

Léxico: «sofia»

A solução não está no inglês

 

      É muito triste, mas é mesmo assim: porque não está em todos os dicionários (não a viu no dicionário da Porto Editora, mas não é, nem pouco mais ou menos, o único), a tradutora achou que a melhor opção era deixar no original inglês, Sophia. Enfim, uma profissional das letras, imagine-se agora o zé-povinho. Não, senhores lexicógrafos, senhores dicionaristas, sofia não é apenas o elemento de formação pospositivo, de origem grega, que exprime a ideia de sabedoria, ciência — é a própria ciência. Com maiúscula, a personificação da sabedoria. No VOLP da Academia Brasileira de Letras: ✓.

      Mas estou a ir demasiado depressa, muita coisa está a ficar para trás... Fica decretado um período irrevogável de acalmia de oito dias.

 

[Texto 10 890]

Helder Guégués às 08:19 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,
26
Fev 19

Léxico: «Hino Nacional»

Só a premissa está errada

 

      Está evidentemente errado afirmar que Hino Nacional é nome próprio e por isso se escreve com iniciais maiúsculas. Deve escrever-se com maiúsculas iniciais em certas circunstâncias, sim, mas não é nome próprio. A letra inicial maiúscula é utilizada nos substantivos que exprimem conceitos políticos ou religiosos de particular elevação, e daí Bandeira Nacional, Hino Nacional, República, Administração Pública, Igreja (a Igreja Católica, por exemplo, que, vá-se lá saber porquê, vemos demasiadas vezes no próprio dicionário da Porto Editora grafada «Igreja católica»), Deus, etc. No verbete hino, devia chamar-se a atenção para esta particularidade de uso.

 

[Texto 10 889]

Helder Guégués às 10:20 | comentar | favorito

Léxico: «meninada»

É lá possível

 

      Fôlego e paciência: «Fora Simão Noronha-Pereira o primeiro membro da família a ostentar sem pudor alguns dos costumes hebraicos da família, Simão, em missa de rogo para que a Virgem auxiliasse do Céu a comitiva macaense do jesuíta Joaquim Caetano a Pequim, teria gracejado para Diogo Vaz Bávaro, de pai alemão, convertido por oportunidade de negócio ao catolicismo, instalando-se em Macau como mercador de pergaminhos, carneiras e peles da China para a Índia portuguesa, que ter sido virgem Nossa Senhora parecia impossível, ele desconfiava, excessiva credulidade, só a meninada da doutrina na catequese podia acreditar em semelhante lhaneza, Diogo Vaz Bávaro, neófito na aprendizagem dos dogmas católicos, sentiu-se chocado, teve uma longa conversa com o padre Joaquim Caetano, que, recebedor dos óbolos dos Pereira [sic], sensato na interpretação da doutrina, se calou, falando em fanfarronadas de juventude, mas não esqueceu» (A Cidade do Fim, Miguel Real. Alfragide: Publicações Dom Quixote, 2013, pp. 125-26).

    Está bem, é muito, mas muito mais usado no Brasil — mas cá também é usado, caramba, e, contudo, o dicionário da Porto Editora só regista «meninência»! Apre!

 

[Texto 10 888]

Helder Guégués às 10:02 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «porta-a-porta»

Dúvidas?

 

      «Ao encerrar o mês de janeiro, o município de Alvito, que no passado mês iniciou um projeto de recolha seletiva de lixo porta-a-porta, registou um acréscimo bastante significativo em todos os fluxos de resíduos recicláveis do concelho» («Lixo indiferenciado diminui 17% em Alvito com recolha seletiva porta-a-porta», Rádio Campanário, 25.02.2019).

      Porta-a-porta. Por qualquer estranho motivo, o dicionário da Porto Editora não o regista — ou será que a regista erradamente? É o que me parece: «porta a porta ao domicílio». A locução é porta a porta, sim: «Foi distribuindo os jornais porta a porta.» O substantivo/adjectivo é porta-a-porta: «Alguns municípios têm transporte porta-a-porta para apoiar a população idosa.» Dúvidas?

 

[Texto 10 887]

Helder Guégués às 09:26 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «pendência»

Olha que não

 

      «Há umas semanas, durante uma audição no Parlamento, o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, dava conta de algumas medidas que têm sido tomadas, nomeadamente o concurso externo que está a decorrer, o reforço do número de trabalhadores através de concurso interno e de prestação de serviços para o tratamento das pendências, ou criação de dois pólos do CNP em Aveiro e Braga (a que se juntará um novo em Leiria). Mas também avisou que os efeitos destas medidas na redução das pendências “não é imediato” e leva tempo» («Queixas sobre pedidos de pensões denunciam atrasos de dez meses», Raquel Martins, Público, 26.02.2019, p. 3).

      Não é, evidentemente, a acepção jurídica, por isso, Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, não a tens.

 

[Texto 10 886]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,
26
Fev 19

Léxico: «base»

Nas traduções, inúmeras vezes

 

      «O base Chris Paul tornou-se anteontem o oitavo jogador a atingir a marca das 9000 assistências na Liga Norte-Americana de Basquetebol profissional (NBA), no triunfo dos Houston Rockets sobre o Golden State Warriors (118-112). O jogador dos Rockets fez 17 assistências — melhor marca do ano — na partida em Oakland, na Califórnia, sendo o basquetebolista em actividade com mais passes decisivos» («Chris Paul é o oitavo jogador a chegar às 9000 assistências», Público, 25.02.2019, p. 47).

      Li pacientemente as tuas vinte e seis acepções de base, dicionário da Porto Editora, e não tens lá esta.

 

[Texto 10 885]

Helder Guégués às 08:58 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,