28
Jun 19

Léxico: «chorão-das-praias»

Tem de ser resolvido

 

      «O Ministério da Agricultura acrescenta ainda que se “confirma a presença de espécies invasoras pelo território continental de forma generalizada, apesar de as situações de presença maciça (grupos de plantas ou extensão por toda a superfície) sejam [sic] significativamente raras”. “As acácias e háqueas, canas e chorão-das-praias são as espécies mais detectadas.”» («Eucalipto ganha terreno ao pinheiro-bravo e ao sobreiro», Rita Marques Costa, Público, 28.06.2019, p. 3).

      O chorão-das-praias (Carpobrotus edulis) não está no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. A opção que fizeram foi outra, e revela-se a cada passo a menos eficaz: no verbete chorão, como fizeram noutros, vão incluindo todas as espécies. A amálgama dissuade o leitor e, evidentemente, há perda de informação, pois o Carpobrotus edulis (que figura na quarta acepção) passa como se se denominasse simplesmente «chorão», assim como, na primeira acepção, o Salix babylonica também é como se se chamasse apenas «chorão», quando o nome comum é salgueiro-chorão (que, sem que alguém tivesse visto até hoje, tem também verbete autónomo). Juntar tudo é compreensível num dicionário recente, não num que tem décadas.

 

[Texto 11 641]

Helder Guégués às 21:53 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «cosmocracia | cosmocrático»

Somos assim

 

      Com que então, divindades cosmocráticas.... Ui, parece ser coisa importante. O meu coreano não sabe o que significam cosmocracia e cosmocrático. Já lhe disse que não é muito grave, pois os nossos dicionaristas também não sabem. É um mistério com que terá de viver entre nós: encontrar palavras em jornais e livros que não estão nos dicionários. Desculpa, Yeo.

 

[Texto 11 640]

Helder Guégués às 20:43 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «ciclo»

O coreano agradece

 

    «O estudo do LNEC, encomendado em 2018 pela Câmara de Lisboa, avaliou o estado de conservação de 55 das 93 escolas de 1.º ciclo e jardins de infância geridos pela autarquia» («Alerta: Três em cada dez escolas de Lisboa estão em “mau” estado», Sábado, 28.06.2019, 7h41).

      Não é por mim, é por causa do coreano: se o dicionário da Porto Editora de ciclo, nesta acepção, apenas diz que é o «cada um dos níveis em que se divide o ensino», não se fica a saber quase nada. As dúvidas são: quantos ciclos existem? Como estão divididos?

 

[Texto 11 639]

Helder Guégués às 17:24 | comentar | ver comentários (2) | favorito

Léxico: «simonianismo»

Essa é uma versão

 

      Simoniano sem simonianismo? No dicionário da Porto Editora, que define assim simoniano: «RELIGIÃO relativo a ou membro da seita fundada por Simão, o Mágico, considerada herética pela Igreja católica». (Para já, falta o itálico. Em todo o caso, prefiro escrever Simão Mago.) Hans Jonas diz que o simonianismo foi sempre uma mensagem rival, Simão Mago, samaritano e contemporâneo dos apóstolos, não era um cristão dissidente.

 

[Texto 11 638]

Helder Guégués às 11:52 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «ancião»

Queremos saber

 

      Mais de 60 mil testemunhas de Jeová juntam-se por estes dias no Estádio da Luz (A Catedral...) para um congresso internacional. Na Rádio Observador, ouvi um ex-ancião explicar por que motivo abjurou das suas crenças. (Quer então dizer que não têm a omertà...) Ancião, dizem eles, é o «homem experiente com boa espiritualidade que toma a frente na congregação e pastoreia o rebanho». Se não for dicionarizado, vamos adivinhar? É que em Portugal sempre são 50 mil.

 

[Texto 11 637]

Helder Guégués às 10:24 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «intrageracional»

Aperfeiçoem o algoritmo

 

      «Assim, mesmo tendo em atenção que existe ainda um caminho importante a percorrer na redução do desperdício, o racionamento (aqui usada como sinónimo de alocação) em matéria de cuidados de saúde feito a partir de critérios éticos adequados é inevitável como forma de garantir a equidade intra-geracional (dentro das pessoas da mesma geração) e inter-geracional (com as gerações futuras)» («Diálise paga por doentes com mais de 70 anos: um exemplo inapropriado para uma questão ética essencial», Ana Sofia Carvalho, Professora do Instituto de Bioética, Rádio Renascença, 28.06.2019).

      Lá consultarem um dicionário é que não é com eles. No caso, porém, se consultasse o dicionário da Porto Editora, não encontraria o vocábulo intrageracional, que — ó incoerência humana! — usam num texto de apoio da Infopédia. Têm de me aperfeiçoar esse algoritmo, se faz favor.

 

[Texto 11 636]

Helder Guégués às 09:57 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «desconsideração»

Considerem isto

 

      «O tribunal da comarca de Lisboa utilizou [um] mecanismo legal raro para conseguir arrestar as casas. Recorrendo à figura da desconsideração da personalidade jurídica coletiva, os juízes provaram que os imóveis pertenciam, de facto, a Joe Berardo» («Tribunal manda arrestar casas de Joe Berardo», Rádio Renascença, 27.06.2019, 20h07).

      Donde se conclui que sobre o vocábulo desconsideração os nossos dicionários não podem dizer somente que significa «falta de consideração; desrespeito; desprezo». Se o verbo desconsiderar também significa «não considerar», está mesmo a ver-se que sobre desconsideração não podemos ficar por ali, sob pena de induzir em erro o falante.

      Já agora, aproveite-se para acrescentar que aquela figura jurídica também tem, em Portugal e noutros países, as designações de levantamento da personalidade jurídica ou levantamento do véu.

 

[Texto 11 635]

Helder Guégués às 09:25 | comentar | ver comentários (1) | favorito
28
Jun 19

«Trabalhos de desconstrução»

Desconstrução civil

 

      De quando em quando, cai uma palavra ou expressão no goto dos jornalistas, e depois é até à exaustão: «Começaram esta manhã, os trabalhos de desconstrução do Prédio Coutinho. No interior ainda estão nove moradores que recusam a entregar seis habitações» («Prédio Coutinho começa a ser desmantelado», Rádio Renascença, 28.06.2019, 8h57). Agora é esperar, que já vem outra monomania que substituirá esta.

 

[Texto 11 634]

Helder Guégués às 09:09 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,