24
Jul 19

Léxico: «sabat»

Mais precisamente

 

      «Michael Rothwell leva o livro sagrado até à linha dos olhos e abre-o com reverência, diante de uma sinagoga calada, a 25 Sivan do ano hebraico de 5779. O calendário civil marca 28 de junho de 2019, uma sexta-feira, e faltam poucas horas para o pôr-do-sol que inicia o sabat, e que apenas se extingue, de acordo com o Génesis, ao aparecimento das primeiras três estrelas da noite de sábado» («“Para os judeus sefarditas, a terra prometida nunca foi Israel. É Portugal e Espanha”», Catarina Maldonado Vasconcelos, TSF, 21.07.2019, 9h30).

      É este dado que falta na definição de sabat do Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: «RELIGIÃO descanso religioso, prescrito pela lei mosaica, que os judeus devem observar ao sétimo dia da semana». Atenção, é ao sétimo dia (sábado), e não ao primeiro dia (domingo, dia do Senhor, «primeira-feira»).

 

[Texto 11 832]

Helder Guégués às 20:04 | comentar | ver comentários (1) | favorito

Léxico: «boto-branco | leucístico»

Mais falhas

 

      «O primeiro golfinho boto-branco registado na Península Ibérica tem visitado as praias do Porto e Matosinhos. A primeira vez que foi visto foi em 2017, no rio Douro» («Golfinho avistado», Correio da Manhã, 19.07.2019, p. 22). É, dizem os investigadores do CiiMAR (Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha), um animal leucístico, ou seja, tem coloração anómala. Leucismo/leucasmo já o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora regista, falta agora o sempre útil adjectivo.

 

[Texto 11 831]

Helder Guégués às 10:39 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

A displicência nos jornais

A habitual falta de cuidado

 

      «“Tudo isto é demasiado chocante para ser descrito”, afirmou no Twitter o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abbe, enviando condolências às famílias das vítimas» («Incendiário arrasa estúdios de animação», F. J. Gonçalves, Correio da Manhã, 19.07.2019, p. 31).

      F. J. Gonçalves, custava muito pesquisar na Internet e concluir que, afinal, se escreve Shinzō Abe? Tanta certeza...

 

[Texto 11 830]

Helder Guégués às 10:37 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «pote de fumo»

Apropriações do futebol

 

      «Além da pistola e munições, a PSP apreendeu, em 12 buscas, uma espingarda, uma réplica, uma estrela de lançar e um pote de fumo» («Travado negócio de armas online», Miguel Curado, Correio da Manhã, 19.07.2019, p. 17).

      O pote de fumo é um artifício pirotécnico fumígeno de utilização técnica, ao que creio, nas embarcações, concebido para resistir aos efeitos de condições meteorológicas muito adversas.

 

[Texto 11 829]

Helder Guégués às 07:08 | comentar | favorito
Etiquetas: ,
24
Jul 19

Léxico: «chinchona»

Vejam isso bem

 

      Nota etimológica de chinchona no dicionário da Porto Editora: «Do castelhano marquesa de Chinchon, vice-rainha do Peru, século XVII». Nota etimológica de chinchona no Dicionário da Real Academia Espanhola: «De la condesa de Chinchón, Ana de Osorio, virreina del Perú de 1628 a 1639, que se curó con ella.» Atentai: o título, o itálico, o acento, as datas, a informação.

 

[Texto 11 828]

Helder Guégués às 07:02 | comentar | ver comentários (2) | favorito