19
Set 19

Léxico: «prova-rainha»

Cresce

 

      «Representante do Benfica no sorteio da Taça de Portugal destacou a “festa linda” da prova-rainha que vai até à Sertã» («Luisão e o Sertanense: “Vamos etapa a etapa, mas queremos chegar à final”», Rádio Renascença, 10.10.2018, 13h20).

      Desporto-rei já tu (como todos) sabes o que é, Porto Editora. Cresce!

 

[Texto 12 008]

Helder Guégués às 08:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «subtraço»

Que nos foi subtraído

 

     Incrédulo, até me benzi: um homem das informáticas a usar a palavra subtraço ( _ ) em vez do termo inglês underscore. O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora não sentiu a mesma comoção, até porque não regista a palavra.

 

[Texto 12 007]

Helder Guégués às 07:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «bidiário»

Como no futebol

 

      «“Faço atuações bidiárias, não peço férias, dá para conciliar. Durante a Viagem [Medieval], o corpo sente-se, mas quando acaba já sinto a falta”, relata [Daniel Silva, membro do Mediaevus Chorus]» («Há 90 lugares para estacionar trotinetas em Braga», Catarina Silva, Jornal de Notícias, 11.08.2019, p. 26).

 

[Texto 12 006]

Helder Guégués às 06:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «neutralidade carbónica»

Muitos querem saber

 

      Ontem, o Manuel da Bolt (estas tretas do marketing só me fazem rir) disse-me numa mensagem que «a partir de agora [e a acabar quando?], todas as viagens Bolt em Portugal são 100% neutras em emissões de carbono!». E não foi anteontem que soubemos que a carne de vaca já não vai pôr as patas nos pratos das cantinas da Universidade de Coimbra? Só os bovinicultores é que acham mal. Até os bovinos estão de acordo! «A medida foi anunciada pelo reitor durante a cerimónia de boas-vindas aos estudantes, no arranque de um novo ano letivo. Amílcar Falcão diz que este é o primeiro passo para tornar a Universidade de Coimbra pioneira, no país, na neutralidade carbónica» («Reitor da Universidade de Coimbra diz que banir carne de vaca é “medida emblemática”», Sónia Santos, TSF, 17.09.2019, 14h47).

      A pergunta é só uma, e dirijo-a à Porto Editora: para quando dicionarizar a locução neutralidade carbónica? É que muita gente quer saber, e não vai perguntar ao vizinho.

 

[Texto 12 005]

Helder Guégués às 05:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «macroeconomia»

Vale mais do que 2 mil palavras

 

      A macroeconomia, lê-se no dicionário da Porto Editora, é a «ciência que estuda os aspectos económicos globais de um país ou região como um conjunto». Melhor e pouco mais extenso: «ciência que estuda os aspectos económicos globais de um país ou região como um conjunto, tais como a inflação, o desemprego e o crescimento económico». Afinal, consultamos os dicionários para saber mais ou para ficar na mesma?

 

[Texto 12 004]

Helder Guégués às 04:30 | comentar | favorito

Cultura clássica de rastos

E os dicionários não ajudam?

 

      «O incêndio que deflagrou no fim-de-semana no Monte Hymettu, a 18 quilómteros [sic] de Atenas, está em recessão, de acordo com a Proteção Civil grega, mas ainda há trabalhos curso para extinguir o fogo» («Incêndio no Monte Hymettus ameaçou Atenas», Rádio Renascença, 12.08.2019, 9h27).

      Os jornalistas e a Antiguidade Clássica! Já sabemos como é. Na verdade, é o monte Himeto, a sudeste de Atenas, na Grécia, conhecido pelo mel sem igual que era lá produzido, graças ao tomilho que cobria as vertentes.

 

[Texto 12 003]

Helder Guégués às 03:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «periprotésico»

Ah, não querem

 

      «“Tratava-se de um caso complexo de infeção periprotésica em prótese total da anca de revisão, com perda de osso associada, grande limitação funcional e dor, num homem de 66 anos, após 12 anos de sofrimento com fístulas ativas”, explica o CHUC [Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra]» («Cirurgia reconstruiu um fémur», Correio da Manhã, 1.8.2019, p. 20).

    Isto trouxe-me à memória os termos periimplantar e periimplantite, que a Porto Editora se recusou a dicionarizar — isto quando são usados diariamente, tanto na oralidade como em obras escritas. É mais uma fracçãozinha da realidade que fica de fora.

 

[Texto 12 002]

Helder Guégués às 02:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «co-variação»

Mais estatística

 

      «Começamos por apresentar o modelo da diferenciação categorial de Willem Doise e o modelo da co-variação de Jean-Claude Deschamps» (Preto e Branco – a naturalização da discriminação racial, Rosa Cabecinhas. Porto: Campo das Letras, 2007, p. 76).

      Eu perguntei primeiro: porque é que o dicionário da Porto Editora regista co-variante, mas não acolhe co-variação? Está, por exemplo, no VOLP da Academia Brasileira de Letras — com a grafia «covariação», claro.

 

[Texto 12 001]

Helder Guégués às 01:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,
19
Set 19

Léxico: «bivariado»

E vão 12 000

 

      «Nas análises bivariadas, com excepção da identidade nacional (orgulho nacional), todas as variáveis incluídas no modelo – mesmo aquelas que não entram na equação de regressão – apresentam associações significativas quer com o racismo flagrante, quer com o racismo subtil» (Expressões dos Racismos em Portugal, Jorge Vala, ‎Rodrigo Brito, ‎Diniz Lopes. Lisboa: ICS, Imprensa de Ciências Sociais, 1999, p. 182).

      Se o dicionário da Porto Editora acolhe univariado e multivariado, porque não regista igualmente bivariado? Estatísticos, matemáticos, revoltai-vos!

 

[Texto 12 000]

Helder Guégués às 00:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,