Léxico: «roteirista»

Não era turismo

 

      «Os pilotos ligavam a maior importância a estes sinais julgando poder reconhecer por êles as terras a que chegavam. Por isso anotavam sempre cuidadosamente a natureza dos sinais, — peixes, aves, — ou o que fôsse. O costume mantinha-se nos roteiristas do século XVII» (O Descobrimento do Brasil: antecedentes, hipóteses, realidades, Manuel Múrias. Lisboa: Agência Geral das Colónias, 1942, p. 83).

      Para o dicionário da Porto Editora, só há dois tipos de roteirista: a «pessoa que escreve roteiros turísticos» e a «pessoa que escreve guiões para rádio, cinema ou televisão; guionista». Num inocente esquecimento, lá se vai mais um pedacinho da nossa História.

 

[Texto 12 068]

Helder Guégués às 10:10 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,