Léxico: «degelo»

É mais específico

 

      Trasanteontem à noite, tinha acabado de ver o filme Invencível (Unbroken), realizado por Angelina Jolie, inspirado na vida do atleta olímpico e herói de guerra norte-americano Louie Zamperini, em que, nas cenas finais, aparece um bombardeiro B-17, quando me pus a ler as últimas notícias e vi esta: «Um avião bombardeiro da II Guerra Mundial caiu esta quarta-feira enquanto tentava aterrar no aeroporto internacional de Bradley, no estado norte-americano do Connecticut. Pelo menos cinco pessoas terão morrido, segundo a imprensa local» (Jornal de Notícias). Era um B-17. Mais à frente, dizia-se isto: «Pelo menos 13 pessoas estavam a bordo de um avião bombardeiro da II Guerra Mundial que se despenhou. O avião terá colidido com um edifício perto da zona do aeroporto onde ocorre o processo de degelo.» Esta concreta acepção de degelo (de-icing, para a legião de anglófonos que nos segue) não a vejo nos nossos dicionários. É a tarefa que consiste em pulverizar, minutos antes da descolagem, no Inverno, um líquido sob pressão nos aviões com a ajuda de gruas ou veículos especiais, com o fim de conferir protecção contra a formação de geada, gelo ou acumulação de neve nas superfícies tratadas do avião.

 

[Texto 12 110]

Helder Guégués às 08:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,