31
Jan 20

Léxico: «confinamento»

Falemos disto

 

      «A mulher, de 54 anos, foi “colocada em confinamento solitário” na enfermaria do navio junto com o seu acompanhante, segundo a companhia» («Passageiros de cruzeiro impedidos de desembarcar em Itália por suspeita de coronavírus», TSF, 30.01.2020, 11h54).

       Nestes últimos dias, e sobretudo horas, já ouvi vezes sem conta a palavra confinamento. Nos nossos dicionários, pouco se diz sobre os seus significados. Agora experimentem consultar um dicionário brasileiro. Pois é.

 

[Texto 12 747]

Helder Guégués às 09:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito

Léxico: «aipo-da-serra | aipo-do-gado»

Uma cenoura fossilizada

 

      «Uma equipa de cinco cientistas (quatro deles portugueses) quis estudar fósseis de frutos e acabou por descobrir a cenoura fossilizada mais antiga do mundo. [...] Identificado por Carlos Góis Marques e a restante equipa, o fóssil é de uma espécie exclusiva da ilha da Madeira, o aipo-da-serra ou aipo-do-gado (Melanoselinum decipiens), que actualmente é encontrado em clareiras da floresta laurissilva húmida — um tipo [de] floresta húmida subtropical composta maioritariamente por árvores da família das lauráceas e endémico da Macaronésia (região formada pelos arquipélagos da Madeira, Açores, Canárias e Cabo Verde)» («O fóssil mais antigo de uma cenoura selvagem foi descoberto na ilha da Madeira», Sofia Neves, Público, 30.01.2020, 7h17).

 

[Texto 12 746]

Helder Guégués às 09:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Definição: «plasma»

Mais complexo do que isso

 

      «O telescópio solar Daniel K. Inouye, instalado no Havai, nos Estados Unidos, revelou imagens detalhadas, sem precedentes, da superfície turbulenta do Sol, que é coberta por plasma (gás ionizado formado a altas temperaturas)» («Imagens inéditas da superfície turbulenta do Sol», Rádio Renascença, 30.01.2020, 1h24).

      A Porto Editora diz que plasma é o «gás a temperaturas muito elevadas». É mais do que isso. Chamado o quarto estado da matéria (a juntar ao sólido, líquido e gasoso), foi identificado na forma de gás ionizado em 1879 pelo físico inglês William Crookes (1832-1919). E não é a alta, mas altíssima temperatura. Diga-se também — e digam-no os dicionários — que a quase totalidade do material de que é composto o Universo está na forma de gás ionizado, ou plasma.

 

[Texto 12 745]

Helder Guégués às 09:15 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «superdisseminador»

É nisto que nos distinguimos

 

      «No SARS-CoV, houve pessoas que tinham a particularidade de poder transmitir o vírus com maior quantidade viral: eram os superdisseminadores. Isso ainda não está documentado no novo coronavírus, mas poderá explicar que algumas pessoas possam ter tido maior capacidade de infectar outras e em períodos pré-sintomáticos [afirma médico pneumologista Filipe Froes» («“Estamos a lidar com a imprevisibilidade da evolução do novo coronavírus”», Teresa Sofia Serafim, Público, 30.01.2020, p. 30).

      Há décadas que este termo é usado — é um conceito. Vejam se superspreader não está nos dicionários de língua inglesa. Pois é, é nisto que nos distinguimos.

 

[Texto 12 744]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «semanticista»

Onde isso já vai...

 

      «André Ventura, que já tinha o ego a dar horas, decidiu comentar uma ideia ridícula de Joacine Katar Moreira — continua em alta, a deputada — com todo o seu racismo. Se alguém ainda tinha dúvidas, Ventura arrumou com o assunto de vez: é racista e com muito orgulho. Francisco Rodrigues dos Santos, o novo líder do CDS, também já começou a dar um ar da sua graça e decidiu fazer uma piada de mau gosto com a deputada do Livre» («Nigel Farage, André Ventura e os “homens reais”», Anselmo Crespo, TSF, 30.01.2020, 8h00).

      Temos aqui um grande analista da realidade política, sim senhor... O que tem de ridículo a ideia de Joacine Katar Moreira? Repete, copia, outras iniciativas que já vimos noutros países europeus. Enfim... Quanto a Francisco Rodrigues dos Santos, onde está a piada de mau gosto? Esta gente está a precisar da assessoria de um semantista (não sei porque é que o dicionário da Porto Editora não regista também semanticista). «Tenho», afirmou o novo presidente do CDS, «uma confiança inabalável em todos os deputados no CDS. No CDS não existem Joacines, existe um grupo de pessoas que partilham dos mesmos valores, estão sintonizados na mensagem que querem passar para o País.» O Grupo de Contacto (nome que ironicamente se está a revelar inadequadíssimo) do Livre também se apressou a «repudiar veementemente esses ataques e o uso de uma linguagem depreciativa e difamatória, que perpetua estigmas racistas e sexistas na sociedade portuguesa». Também precisam de um assessor. Dizem-no para amansar a deputada, mas já se sabe que a ingratidão seca a fonte da piedade.

 

[Texto 12 743]

Helder Guégués às 08:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «ligador»

Desligados da realidade

 

      O estojo tinha três casquilhos, um busca-pólos, cinco ligadores e um rolo de fita isoladora. Tudo isto cinco euros! Os ligadores são da marca Wago, que eu já conhecia. Ora bem, no dicionário da Porto Editora só falta o termo ligador — perdido num bilingue. Connecteurs électriques.

 

[Texto 12 742]

Helder Guégués às 08:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Definição: «migas»

Não me parece

 

      «De 1 a 29 de Fevereiro, o concelho de Mora recebe a sétima edição do “Mês das Migas”, que conta com a participação de 11 restaurantes, que durante esse período vão apresentar diversos pratos com migas» («Fevereiro é “Mês das Migas” em Mora», A Defesa, 29.01.2020, p. 9).

      Para a Porto Editora, migas é o «acompanhamento à base de pão com o aspecto de uma açorda grossa». Será mesmo acompanhamento? E como define acompanhamento? Assim: «conjunto de alimentos (legumes, arroz, batatas, etc.) que acompanham o prato principal; guarnição». Eu defini-las-ia como prato.

 

[Texto 12 741]

Helder Guégués às 08:15 | comentar | ver comentários (1) | favorito
31
Jan 20

Léxico: «tiro dinâmico»

Falta o mais necessário

 

      Último dia de Janeiro, festa litúrgica de S. João Bosco. Só faltam 335 dias para o fim do ano. Continuemos: «Magina da Silva. O campeão nacional de tiro dinâmico que é o novo diretor nacional da PSP» (Celso Paiva Sol, Rádio Renascença, 29.01.2020, 15h16). Nos nossos dicionários, só «tiro ao alvo», algo muito mais desconhecido... Sobre estático e dinâmico, nada.

 

[Texto 12 740]

Helder Guégués às 08:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,