Léxico: «vulnerabilização»

Duas vezes numa semana

 

      «Sucessivas reformas laborais no sentido da flexibilização e vulnerabilização dos trabalhadores, incluindo a redução das indemnizações por despedimento, a generalização de formas contratuais precárias que vão dos contratos a prazo e falsos recibos verdes à uberização, a fortíssima redução da abrangência dos contratos colectivos (e, já nesta legislatura, a negociação de novos convenções colectivas sob o espectro da caducidade das mesma), tiveram como resultado uma evolução da repartição do rendimento fortemente penalizadora do trabalho, que depois contribui também, por exemplo, para a persistência de quase 10% de trabalhadores baixo da linha de pobreza» («A coligação de que o país não precisa», Alexandre Abreu, Expresso, 19.09.2019, 10h32).

 

[Texto 12 866]

Helder Guégués às 08:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,