30
Abr 20

«Frente a»?

Sobre um título

 

      Sou leitor (pagante) do jornal Público, mas apenas da versão digital, e por isso não vou a nenhuma banca comprá-lo, ou teria trazido também a obra do físico e escritor italiano Paolo Giordano. Ou não, porque o título da tradução de Miguel Serras Pereira ­— Frente ao Contágio — me parece um grosseiro atropelo ao português. Mais um. «Frente a»? Será a edição ibérica da obra? No original, é Nel contagio; a edição inglesa tem o título How Contagion Works; a espanhola, En tiempos de contagio; a francesa, Contagions; a alemã, In Zeiten der Ansteckung Rowohlt; a catalã, En el contagi; a croata, U Času Epidemije; a neerlandesa, In Tijden Van Besmetting; a húngara, Járvány Idején; a norueguesa, I Smittens Tid, etc. Sim, etc., já chega, a conclusão é só uma: se não quisessem o seco e honesto «No contágio» do original, a alternativa não era o caminho errado que escolheram, mas algo como «Em pleno contágio», por exemplo. Só tinham de fugir de dois caminhos: o oportunista, seguido pelo editor russo (Заражение – Covid – 19, наука, общество и глобальный кризис), e o gramaticalmente errado por onde se enfiaram.

 

[Texto 13 263]

Helder Guégués às 22:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «instrutivo»

Segundo

 

      Este vê-se na imprensa angolana e, naturalmente, na própria lei: «O Governo vai divulgar, nos próximos dias, um instrutivo com as normas de cobrança e pagamento de propinas no ensino privado, informou ontem, em Luanda, a ministra da Educação» («Governo prepara instrutivo para a cobrança de propinas», Jornal de Angola, 17.04.2020, p. 2).

 

[Texto 13 262]

Helder Guégués às 09:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «sócia»

Primeiro

 

      E agora terminamos com dois termos que, nas acepções em apreço, só se usam em Angola. «“Se não fossem as sócias (prática em que duas ou mais pessoas juntam dinheiro para comprar uma caixa de um determinado produto e depois reparti-lo), não sei como iríamos fazer. Mesmo assim, estas compras não sei se vão chegar até ao fim do mês (de Maio)”, disse Domingas Magalhães, apontando para os sacos de compras» («Risco de contaminação é real na “Mamã Gorda”», Bernardino Manje, Jornal de Angola, 29.04.2020, p. 4).

 

[Texto 13 261]

Helder Guégués às 09:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «multiorgânico»

Evite-se

 

      «É o novo mistério científico do rol deles com que a pandemia de Covid-19 tem brindado a comunidade médica: há crianças a ser internadas em cuidados intensivos em estado grave, com dores abdominais, diarreias ou vómitos, urticária e inflamações multiorgânicas, como um “choque” tóxico. Todas com inflamação dos vasos sanguíneos, sintoma coincidente com uma síndrome que podem ter sido espoletada pelo novo coronavírus» («Nova síndrome em crianças intriga cientistas europeus», Ivete Carneiro, Jornal de Notícias, 29.04.2020, p. 18). Lá andam eles com os espoletares e os despoletares, a linguagem bélica e inepta dos nossos plumitivos. Aqui, a Porto Editora, pela enésima vez, cai no erro capital em dicionarística, que é usar um termo que não define. Está sempre a tempo de se redimir, como tem vindo a fazer nos últimos tempos.

 

[Texto 13 260]

Helder Guégués às 09:15 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «catador | cooperado»

Isto é no Brasil

 

      «Dentro deste contexto, os catadores de recicláveis também estão sendo atendidos. A Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb) decidiu investir R$ 5,76 milhões para auxiliar na renda deles. As 900 famílias de 25 cooperativas habilitadas no programa socioambiental de coleta seletiva vão receber R$ 1,2 mil por mês durante três meses. Os 1.400 autônomos terão direito a R$ 600 pagos pela Prefeitura, que complementam os R$ 600 do governo federal. O trabalho das cooperativas está suspenso para proteção da saúde dos cooperados» («Ações da Prefeitura salvam vidas entre os mais vulneráveis», O Estado de S. Paulo, 27.04.2020, p. 2).

 

[Texto 13 259]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «unidose»

Eu oiço muito bem

 

      «“O setor vai ter de se adaptar”, sentencia José Condé Pinto. Nos primeiros tempos não haverá jantares de grupo e vão desaparecer os buffets, que deverão ser substituídos por um sistema “semelhante ao das estações de serviço, com unidoses pré-embaladas”» («Como vai ser ir...», Ana Sanlez, Jornal de Negócios, 24.04.2020, p. 5).

      Já a ouvi mais de uma vez em farmácias, já chamei a atenção para o seu uso, mas ninguém ligou.

 

[Texto 13 258]

Helder Guégués às 08:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «farsesco»

Está no VOLP

 

      «Humor é algo que não falta ao primeiro episódio de “The New Pope”. O roteiro se inspira em fatos históricos, como a convivência entre Bento 16 e Francisco, ou a morte repentina de João Paulo 1º, que ficou só 33 dias no cargo. Mas o criador da série não está interessado em discutir teologia, muito menos o papel da Igreja Católica. Prefere encenar um espetáculo farsesco e rechear os diálogos de ironia, sem se aprofundar em nada» («Retorno a saga papal tem tons farsescos com requinte visual», Tony Goes, Folha de S. Paulo, 26.04.2020, p. B15).

 

[Texto 13 257]

Helder Guégués às 08:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,
30
Abr 20

Léxico: «fritura»

A fogo lento

 

      «Na última semana, com o aval de Jair Bolsonaro, aliados do presidente deram início a um processo de fritura de Regina Duarte, com o objetivo de fazer com que ela peça demissão do cargo de secretária especial da Cultura antes mesmo de ter completado dois meses na função» («Bolsonaro apoia fritura de Regina Duarte e fala em dificuldades dela», Talita Fernandes e Gustavo Uribe, Folha de S. Paulo, 29.04.2020, p. B16). Então se até é empregado na literatura, os dicionários não o registam? É o minar do prestígio de alguém, sobretudo de alguém que ocupa um cargo público. Deve ser uma, dentre as mais despiciendas, das especialidades dos bolsonaristas.

 

[Texto 13 256]

Helder Guégués às 08:15 | comentar | favorito
Etiquetas: ,