13
Mai 20

Léxico: «pecuarista»

Veefokker, veeboer

 

      «Em outras cidades do Estado a campanha já começou na última semana, como em Queimados, também na Baixada Fluminense. No município, os pecuaristas só poderão comprar a vacina via internet» («Vacinas contra febre aftosa disponíveis», O Dia, 10.05.2020, p. 5).

 

[Texto 13 338]

Helder Guégués às 09:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «taxa de infecção | número reprodutivo»

Com o resultado à vista

 

      «O Instituto Nacional de Virologia Robert Koch, responsável por monitorizar a evolução da pandemia, relatou um aumento na taxa de infeção (RO) – o número médio de pessoas que um indivíduo infetado pode contaminar –, que passou para níveis potencialmente perigosos, subindo de 0,7 para entre 1 e 1,1 em poucos dias» («Inquietação com sinais após desconfinamento», Jornal de Notícias, 11.05.2020, p. 15).

      Também tens a culpa disto, Porto Editora. Como queres que se saiba exactamente como se escreve se o não dicionarizas? Em inúmeros textos da imprensa anglo-saxónica, depois do R0, escrevem quase sempre «pronounced R-naught». Não é por acaso. Em rigor, o 0 é subscrito, R0. Outra designação é número reprodutivo básico. Se se mantiver fora dos dicionários, iremos ver mais desacertos.

 

[Texto 13 337]

Helder Guégués às 09:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «alvéolo»

Agora é pão

 

      «Algumas palavras do léxico da panificação podem confundir os principiantes, até porque algumas têm vários sinónimos, como é o caso da massa-mãe. Consulte este glossário para aprender alguns nomes da família do pão. [...] Alvéolos. Os buracos no miolo do pão, cujo tamanho e densidade resulta, em grande parte, da quantidade de água que se use na farinha» («Sobre o pão, ferramentas & glossário», Nuno Cardoso, Evasões, 8.05.2020, p. 21). Ainda recentemente li num artigo de uma revista brasileira que era este o nome que os padeiros dão aos típicos buracos no pão. Outras das palavras do curtíssimo glossário são massa-mãe (já disse: quase sempre a vejo com hífen) e pré-fermento, que muito recentemente, por minha sugestão, a Porto Editora dicionarizou.

 

[Texto 13 336]

Helder Guégués às 09:15 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «pastor-belga»

Mais cães

 

      «O cão, ontem mostrado pela família do capitão da seleção francesa, foi adquirido numa escola especializada em vários tipos de adestramento de cães de raça pastor alemão e pastor belga (malinois), sendo que o de Lloris foi treinado para defesa pessoal. Daí o preço elevado que teve de pagar. Caso tivesse optado pela componente cão de guarda, a outra especialidade oferecida pela “Elite protecction [sic] dogs”, destinado a quintas e grandes propriedades, o preço teria ficado pelos 11 500 euros» («Quem tem medo compra um cão e Lloris não teve problema em gastar 17 mil euros», Carlos Machado, O Jogo, 10.05.2020, 23h47).

 

[Texto 13 335]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «pastor-branco-suíço»

Lindo cão

 

      «Viaje pelos recantos mágicos da Suíça através da conta de Instagram de Rasta, um pastor-branco-suíço que é um sucesso entre os internautas» («Este cão é um sucesso no Instagram – e tem fotos deslumbrantes na Suíça», Volta ao Mundo, 11.05.2020).

 

[Texto 13 334]

Helder Guégués às 08:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «oeste-africano»

Fora dos dicionários

 

      «Cidadãos residentes nas ruas Marcovi e São José, no distrito urbano do Hoji-ya-Henda, município do Cazenga, em Luanda, estão, desde ontem, em cerca sanitária, devido aos cinco casos de transmissão local da Covid-19. A cerca sanitária começou às primeiras horas de ontem, depois de no domingo a Comissão Multissectorial ter identificado mais de 75 contactos do “caso 31”, referente ao cidadão da Guiné-Conacri, de 36 anos, que chegou no voo de Lisboa do dia 17 de Março e já infectou cinco pessoas no bairro, onde habitam muitos comerciantes oeste-africanos. Nas últimas 24 horas não houve alterações no quadro epidemiológico da Covid-19. O país continua com 45 casos, dos quais dois óbitos, 13 recuperados e 30 pacientes activos estáveis» («Imposta cerca sanitária a ruas do Hoji-ya-Henda», Jornal de Angola, 12.05.2020, p. 1).

 

[Texto 13 333]

Helder Guégués às 08:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Vai aparecendo

Já lá estive

 

      «A OMS recomenda a realização de testes para deteção do novo coronavírus permitindo que se tomem medidas de prevenção à propagação descontrolada. Portugal tem seguido a recomendação e, segundo a DGS, detetado muitos jovens assintomáticos. Ao reabrir escolas, crianças e jovens irão partilhar espaços com docentes e não docentes, muitos com 60 e mais anos e/ou doenças como diabetes e hipertensão, que, se forem infetados, terão graves problemas, dadas as fragilidades imunitárias. Ninguém esquece o início, com escolas a encerrar e salas a esvaziar que não podem agora transformar-se em ‘covidário’» («‘Covidário’, não!», Mário Nogueira, secretário-geral da FENPROF, Correio da Manhã, 12.05.2020, p. 32).

 

[Texto 13 332]

Helder Guégués às 08:15 | comentar | favorito
Etiquetas: ,
13
Mai 20

Léxico: «videolaringoscópio»

Porto Editora, adquire um

 

      «O centro académico de investigação Algarve Biomedical Center (ABC) recebeu ontem milhares de unidades de material médico para fazer frente à Covid-19. O equipamento foi recebido ontem em Lisboa e já chegou ao Algarve. São 325 mil máscaras, 100 mil luvas e 5500 óculos de proteção, bem como material para as unidades de Cuidados Intensivos, como quatro videolaringoscópios, 20 monitores, 120 seringas infusoras e 60 bombas infusoras» («Reforço de máscaras, luvas e óculos», Tiago Griff, Correio da Manhã, 12.05.2020, p. 17).

 

[Texto 13 331]

Helder Guégués às 08:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,