Léxico: «abóbada | abobadilha»

Claramente

 

      «De entre os sistemas mais engenhosos de traçado e construção com tijolo, sobressaem as abóbadas e abobadilhas, vulgares em todo o Alentejo. Este sistema de tectos e coberturas diferencia-se apenas pela posição do tijolo em construção — ao baixo na abobadilha, ao cutelo na abóbada. O tijolo, inicialmente argamassado com gesso e posteriormente com cal, era, como já foi referido, menor em espessura do que o utilizado para alvenaria (0,04 metros, metade do anterior)» (Maria Fernandes, «Os materiais e os sistemas construtivos tradicionais na região dos mármores», in revista Monumentos, n.º 27, 2007, DGPC, p. 177).

      É tão-somente nisto que se estriba a diferença entre abóbada e abobadilha. Da consulta de certos dicionários, não se retira nada que ajude a distinguir os conceitos.

 

[Texto 13 655]

Helder Guégués às 09:00 | favorito