10
Jul 20

Léxico: «colorismo | pigmentocracia»

Como eu ia dizendo

 

      «Qual a relação entre “colorismo” (discriminação pela cor da pele), “pigmentocracia” (o privilégio da pele clara em relação à escura no que toca às oportunidades de mobilidade social), discriminação étnico-racial, exclusão social e práticas de branqueamento? Qual a influência de celebridades como Beyoncé, Rihanna ou as atrizes de Bollywood na construção de ideais de beleza, estilo e glamour híbridos e plurais?» («“Into the White”. O mercado do branqueamento da pele em Lisboa», Chiara Pussetti e Isabel Pires, «P2»/Público, 21.06.2020, p. 16).

      Agora sugiro a inclusão destas — a primeira com duas acepções, uma delas registada num dicionário bilingue — no dicionário, Porto Editora, mas acho que perdeste alguns episódios: então onde estão plurissectorial, prioritizar, éduo/Éduos, mestragem, amostral, vaca-loura, vaca-ruiva, lucanídeo?

 

[Texto 13 693]

Helder Guégués às 09:00 | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,
10
Jul 20

Léxico: «progressivismo»

Parecida com a outra

 

      «Recorrendo a metáforas como a de um instrumento musical e da polifonia, ou (para mostrar a importância da localização da proteína) da diferença entre crescer num bairro chique de Paris ou numa zona pobre, ele aprofunda os fatores de variabilidade, mostrando que a biologia, no fundo, é ao mesmo tempo destino e liberdade. Do prazer à felicidade, do stresse aos excessos (drogas, obesidade e outros), do conservadorismo ao progressivismo, “Homo Biologicus” usa descobertas feitas no último meio século para desenhar um retrato abrangente das estruturas subjacentes aos atos e às aspirações humanas. A mensagem final é de esperança» (Luís M. Faria, recensão da obra Homo Biologicus, de Pier Vincenzo Piazza, «Revista E»/Expresso, 20.06.2020, p. 64).

 

[Texto 13 692]

Helder Guégués às 08:00 | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,