Léxico: «nalça | nalca»

Por uma cedilha

 

      «Galrito, s. m. armadilha de pesca semelhante à nalça (cf.) mas que, em vez de vime, é feita de rede, a que dão forma pequenos arcos de madeira. Usa-se do mesmo modo que a nalça» (Os Falares Fronteiriços de Trás-os-Montes, Maria José de Moura Santos. Coimbra: Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Instituto de Estudos Românicos, 1967, p. 270). «O meu estômago reclama de fome mas ignoro o seu protesto. De vez em quando bebo a água fresca que cai das enormes folhas de nalca e continuo, com o nariz quase encostado ao chão» (História de Um Cão Chamado Leal, Luis Sepúlveda. Tradução de Helena Pitta. Porto: Porto Editora, 2016, p. 82). A nalca (Gunnera tinctoria) é uma árvore originária da América do Sul, com exemplares nos Açores, na ilha de S. Miguel. As folhas, de aspecto jurássico, chegam a alcançar 1 m de diâmetro! Ora, tanto nalça como nalca estão fora dos nossos dicionários.

 

[Texto 13 741]

Helder Guégués às 09:00 | favorito
Etiquetas: ,