Léxico: «miomba»

Esqueçam a francesinha por minutos

 

      «A miomba, resume André [Magalhães, chefe da Taberna da Rua das Flores], é “o pai e a mãe dos pregos e das bifanas nos livros antigos, uma isca de carne de porco ou de vaca entre dois pedaços de pão”. Quanto à lista de salgados inclui, para além do clássico bolinho de bacalhau, duas coisas pelas quais muitos lisboetas têm suspirado em vão: pastel de massa tenra e ovos verdes» («Este quiosque é uma taberna das memórias de Lisboa: há petiscos e “xiripitis” no Cais do Sodré», Alexandra Prado Coelho, Público, 16.06.2020, 11h59).

 

[Texto 13 794]

Helder Guégués às 09:00 | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,