24
Set 20

Léxico: «tomilho-do-mar | planta-do-caril»

Junto do mar

 

      «Numa caminhada sobre as falésias de Sagres, descobrimos por que diz Simone que “nunca comprou uma especiaria” desde que mora cá. Cresce de tudo por aqui, de forma selvagem. Vemos os zimbros e o rosmaninho, o tomilho-do-mar, o alecrim e a planta-do-caril, com o seu aroma inconfundível. As camarinheiras estão repletas de pequenas pérolas brancas, que não chegamos a provar por serem uma espécie protegida, em regressão no território português, depois de terem povoado as memórias veraneantes ao longo da costa nacional durante gerações» («Em Sagres, tudo é mais agreste, natural, verdadeiro», Mara Gonçalves, «Fugas»/Público, 8.08.2020, p. 4).

      Exactamente: a planta-do-caril (Helichrysum italicum) e o tomilho-do-mar (Thymus camphoratus). A propósito de mar: ainda estava deitado e já estava a ouvir na rádio que hoje se celebra o «Dia Marítimo Mundial». Caramba, então agora também se copia isto do inglês? Nesta língua é que se diz World Maritime Day. Em português, que eu saiba, diz-se Dia Mundial do Mar. Ora esta...

 

[Texto 14 022]

Helder Guégués às 10:45 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «aberdeen-angus»

Outra raça

 

      Ontem referimos a holstein-frísia, hoje temos outra raça: «São uma boa meia dúzia de fêmeas, umas já paridas, na companhia dos seus bezerros, e outras em gestação após terem sido cobertas pelo majestoso aberdeen-angus» («Fomos ‘comer’ São Miguel», Fortunato da Câmara, «Revista E»/Expresso, 27.08.2020, p. 78).

 

[Texto 14 021]

Helder Guégués às 10:30 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «ponto | ponto final»

Aproxima-se

 

      «Ora, o facto é que a legislação diz que este é um direito, ponto» (deputado bloquista Moisés Ferreira, num noticiário da semana na Antena 1). Ponto ou ponto final — não o vejo entre os sentidos figurados de ponto no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. Há, é certo, um sentido figurado que se aproxima — «termo; fim» —, mas é só isso, aproxima-se, não é o mesmo.

 

[Texto 14 020]

Helder Guégués às 10:15 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «canículas | caniculares»

Só nós desprezamos isto

 

      Quando no sábado, no Agropopular, com César Lumbreras, da COPE, ouvi falar nas cabañuelas, que é um método popular, rural, de previsão do tempo baseado na observação das alterações atmosféricas nos 12, 18 ou 24 primeiros dias de Janeiro ou de Agosto, para prognosticar o tempo durante cada um dos meses do mesmo ano ou do seguinte, lembrei-me das nossas canículas e caniculares. As cabañuelas estão no Dicionário da Real Academia Espanhola; as canículas e caniculares não estão nos nossos dicionários. A tristeza de sempre. Segundo um agricultor espanhol, conhecedor dos arcanos da arte, as previsões são válidas para um território num raio de cerca de 300 quilómetros.

 

[Texto 14 019]

Helder Guégués às 10:00 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «nanossensor»

Ainda ontem a li

 

      «Chama-se Nutrix, veio da Suíça e venceu esta tarde, em Lisboa, o concurso da Web Summit para empresas em fase inicial. A distinção deve-se ao desenvolvimento de um nanossensor para monitorizar o nível de glicose no sangue» («Tecnologia que desenvolve nanossensor para ajudar diabéticos vence Web Summit», João Tomé, Dinheiro Vivo, 7.11.2019, 18h02). Raro? Ainda no sábado o ouvi no programa Os Dias do Futuro, na Antena 1.

 

[Texto 14 018]

Helder Guégués às 09:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «protopresbítero»

Tal como esta

 

      «Demonstrando os novos tempos tecnológicos, mas essencialmente tempos de possibilidades de diálogo, neste cantinho da Europa, recebi uma tradução em inglês deste texto através de um imã, Rachid Ismael, director do Colégio Islâmico de Palmela. Já tinha ouvido falar do texto mas não o conhecia. Posto a circular entre investigadores de Ciência das Religiões, um católico, Rui Oliveira, indicou-me esta tradução para português, feita por um padre ortodoxo, protopresbítero Alexandre Bonito, uma das pessoas neste país mais implicadas nas questões do diálogo inter-religioso» («A lição de uma folha escrita no deserto, ou como Maomé protege os cristãos», Paulo Mendes Pinto, Público, 29.03.2015, 6h26).

 

[Texto 14 017]

Helder Guégués às 09:30 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «sociocaritativo»

Ainda ontem a li

 

      «O responsável [cónego Silvestre Marques], que é também diretor do departamento sociocaritativo da arquidiocese, recusa falar “em nome das IPSS deste país”, mas manifesta-se convicto de que “a grande maioria se encontra em iguais circunstâncias.”» («Caritas de Évora apreensiva. “Quem se lembra das pobres IPSS!?”», Rosário Silva, Rádio Renascença, 19.03.2020, 22h50).

 

[Texto 14 016]

Helder Guégués às 09:15 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,
24
Set 20

Léxico: «tegão | tinão»

Nas vindimas

 

      Ontem, num telejornal da SIC, falaram num aumento de 5 % na produção de uvas. Entrevistaram um responsável da Casa Relvas, em S. Miguel de Machede, Évora. O repórter falou também com o maquinista de uma máquina de vindimar (uma New Holland, seria?), só usada com as castas tintas, que se referiu aos tegões para onde os cachos caem. No dicionário da Porto Editora, o tegão só serve para cereais. Com os tegões cheios, as uvas têm de ser descarregadas em tinões, que são transportados em camião até à adega.

 

[Texto 14 015]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,