«Linguagem inclusiva»

Uma baboseira

 

      «A diretiva do Ministério da Defesa sobre a “utilização de linguagem não discriminatória” pelas Forças Armadas está a causar mal-estar entre os militares, e a associação que representa os oficiais afirma que a orientação da Secretaria-Geral “é ofensiva e um disparate”. Até porque existem “problemas gravíssimos, a nível de saúde e remunerações”, que carecem de soluções, lembra a estrutura associativa» («Militares em guerra com regras de língua», Ana Correia Costa, Jornal de Notícias, 1.10.2020, p. 8).

      Decerto, mas a melhor descrição desta iniciativa do Ministério da Defesa já foi feita numa só palavra pelo Conselho Nacional da Associação de Oficiais das Forças Armadas: «baboseira». Não chegou o que fizeram com o Acordo Ortográfico, infelizes?

 

[Texto 14 082]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | favorito