Léxico: «tablete»

Em Angola é assim

 

      «Também ontem, na mesma área, o Chefe de Estado inaugurou a Afrione Angola, fábrica de montagem de telefones, tabletes, computadores e acessórios» («Agricultura ganha impulso com montagem de tractores», Adelina Inácio, Jornal de Angola, 15.10.2020, p. 3).

      Inteligentes são eles, e, como o escreveram três vezes — tablete, tablete, tablete —, decerto não se enganaram. Há assim muitos estrangeirismos tão aportuguesáveis? Não há. Somos parvos, isso sim.

 

[Texto 14 166]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,