19
Out 20

Léxico: «malvisto»

Lição do meio-dia

 

      Para a Porto Editora, ovelha ronhosa é «[embora erradamente, generalizou-se ovelha ranhosa] pessoa indesejável ou mal vista». Está bem, mas agora corrige-te, ficam muito mal nos dicionários tamanhas máculas. Aprendam, retenham: mal visto é sempre um problema de visão, não moral.

 

[Texto 14 176]

Helder Guégués às 12:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito

Léxico: «escafelar»

Agora do Algarve

 

      «É para me arrombar as portas, para me arrancar à sacrílega situação, para me arrebatar num insano turbilhão de fogo e cinzas que os elementos desencadeados, em arquejos pavorosos, congeminam esforços, multiplicam as investidas, redobram de furia e quando a onda de erynnias passa, ainda ficam mil invisiveis garras a escafelar as paredes, a abalar as fechaduras, a tamborilar nas vidraças» (Inventário de Junho, Manuel Teixeira Gomes. Lisboa: A. M. Teixeira, 1918, p. 305). «Queria pesquisar escabelar, escapelar, escatelar?», pergunta a Porto Editora. Não, nada. É mesmo escafelar. Julgo que é termo apenas algarvio, mas o Algarve ainda é português e, como se vê, o termo é usado também na literatura. Escafelar, lê-se na Memória Monográfica de Portimão, do Padre José Gonçalves Vieira, é «tirar a cal ou o cafêlo das paredes», e escafelo é a «mancha deixada na parede, de onde se tirou ou caiu o cafêlo».

 

[Texto 14 175]

Helder Guégués às 11:45 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,

Gostaria que se preocupassem menos

Descomplique

 

      «Escreveu um dia Amin Maalouf sobre os poderosos do Líbano: “Gostaria de que se preocupassem mais com a honestidade e a decência. Só porque têm uma religião, acreditam estar dispensados de ter uma moral.” E cito-o nesta altura em que as múltiplas ondas de choque da explosão gigante em Beirute na terça-feira parecem estar a querer destruir o pequeno Líbano, porque se há um libanês famoso e que merece ser ouvido é mesmo Amin Maalouf, antigo repórter de guerra que trocou Beirute por Paris e se transformou em romancista e ensaísta de enorme sucesso» («Honestidade, decência e moral no país de Amin Maalouf», Leonídio Paulo Ferreira, Diário de Notícias, 8.08.2020, p. 2).

      Descomplique, Leonídio Paulo Ferreira, descomplique. É bem verdade que o verbo gostar pede a preposição de, mas na sequência gostar de que podemos — ou até devemos — omitir a preposição. Não tem de quê.

 

[Texto 14 174]

Helder Guégués às 11:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «jibóia-arco-íris-brasileira»

Até já nas casas

 

      «Uma mulher, de cerca de 70 anos, não ganhou para o susto quando, ao abrir a porta de casa, em Albufeira, se deparou com uma jiboia-arco-íris-brasileira que ali terá sido abandonada» («Encontra jiboia à porta de casa», A. P./R. P. G., Correio da Manhã, 17.10.2020, p. 14).

      A jibóia-arco-íris-brasileira (Epicrates cenchria cenchria) ainda não desembarcou nos nossos dicionários — mas anda aí pelas ruas.

 

[Texto 14 173]

Helder Guégués às 11:15 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «estreleira»

Por esses campos fora

 

      «Com ainda poucos metros de trilho percorridos, Miguel Andrade, de 17 anos, depara com dois exemplares de gorgulhos, que fazem parte do grupo dos escaravelhos, em cópula na folha de uma estreleira [Argyranthemum pinnatifidum]. O que se segue? Fotografias e um “high five” aos amigos, conta. Recolhidos o macho e a fêmea, seguiu-se a análise morfológica e genética que veio confirmar tratar-se de uma nova espécie de gorgulho para a ciência — a Cyphocleonus aguiari» («Aos 17 anos Miguel Andrade ajudou a descobrir uma nova espécie na Madeira. Escaravelho», Ana Rita Maciel, Público, 8.08.2020, p. 28).

 

[Texto 14 172]

Helder Guégués às 11:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «amazoniano»

Num bilingue...

 

      «O senador pelo estado amazoniano de Roraima teria 30 mil reais escondidos na roupa, metade “na cueca”, escreve o portal de notícias G1, “próximo às suas nádegas”, pormenoriza o jornal “Folha de S. Paulo”, citando o despacho do juiz do Supremo Tribunal Federal que determinou o afastamento de Chico Rodrigues por 90 dias» («“Dinheiro na cueca” embaraça Bolsonaro», Ivete Carneiro, Jornal de Notícias, 16.10.2020, p. 34).

 

 

[Texto 14 171]

Helder Guégués às 10:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «vetocracia»

Anote-se

 

      Para alguns autores, a América transformou-se, ao longo do tempo, no que Francis Fukuyama apodou de «vetocracia». O sistema de freios e contrapesos (checks and balances, tantas vezes mal traduzido, como ainda na semana passada pude ver) reproduzido a todos os níveis da governação, assegura que alguém, algures, pode sempre bloquear qualquer acção positiva. Mas, lá está, eles é que são bons.

 

[Texto 14 170]

Helder Guégués às 10:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «metalofármaco»

Registe-se

 

      «Um medicamento antimicrobiano usado para tratar úlceras do estômago e infecções bacterianas apresentou resultados promissores contra o novo coronavírus, após testes realizados em animais — anunciaram, segunda-feira, cientistas em Hong Kong. A investigação pretendeu avaliar se alguns metalofármacos — compostos que contêm metais frequentemente usados contra bactérias podem ter propriedades antivirais que permitam lutar contra o novo coronavírus» («Medicamento usado para úlceras apresenta resultados promissores», Jornal de Angola, 15.10.2020, p. 9).

 

[Texto 14 169]

Helder Guégués às 10:15 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,

Léxico: «névoa»

Falta de clareza

 

      «Há vários casos de pessoas que estiveram infectadas que ficam com uma espécie de névoa cerebral, que provoca dificuldades em pensar ou em recordar situações recentes» («Recuperados revelam dificuldades em pensar», Jornal de Angola, 15.10.2020, p. 9). Isso mesmo, e por isso o que me parece é que a névoa, no dicionário da Porto Editora, se devia acrescentar outra acepção — falta de clareza.

 

[Texto 14 168]

Helder Guégués às 10:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito
Etiquetas: ,
19
Out 20

Léxico: «neuroinflamação»

Desconhecida por aqui

 

      «Ross Paterson, médico do Instituto Queen Square, argumenta que, apesar de não haver muitos estudos, há evidências em pacientes de Covid-19 que estiveram hospitalizados, que têm síndromes neurológicos graves e que o coronavírus pode afectar o sistema nervoso, podendo causar problemas como neuroinflamação e danos ao revestimento protector das células nervosas» («Recuperados revelam dificuldades em pensar», Jornal de Angola, 15.10.2020, p. 9).

 

[Texto 14 167]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | ver comentários (2) | favorito
Etiquetas: ,